Coronavírus no Piauí

Semec suspende formato híbrido e decide por aulas remotas em Teresina

De acordo com a Semec, a decisão foi tomada após uma avaliação sobre a situação da pandemia da capital, levando em consideração o aumento do número de casos da Covid-19 no Piauí.
24/02/2021 18h17 - atualizado

Nesta quarta-feira (24), a Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Educação de Teresina (Semec), informou que as aulas presenciais, na modalidade híbrida, serão suspensas seguindo as recomendações das autoridades sanitárias.

De acordo com a Semec, a decisão foi tomada após uma avaliação sobre a situação da pandemia da capital, levando em consideração o aumento do número de casos da Covid-19 no Piauí. O secretário municipal de Educação, o professor Nouga Cardoso, explica que o formato não presencial será destinado para todos os anos escolares e por tempo indeterminado, devendo passar por avaliações a cada 30 dias.

“O período letivo inicia com o compromisso da comunidade escolar que ficará vigilante com a segurança de todos. É preciso destacar que a Semec fará uma busca ativa junto aos alunos para saber como está o acesso às aulas no formato remoto e quais dificuldades devem enfrentar”, declarou o secretário.

 Ainda segundo o secretário, os alunos da rede municipal que estiverem com dificuldades para ter acesso às aulas remotas serão atendidos individualmente pelos professores, e destaca que os pais ou responsáveis devem entrar em contato com a escola e realizar o agendamento.

“O momento é bem preocupante, considerando o surgimento de novas variantes no país e principalmente no tocante a velocidade de transmissão da doença e capacidade hospitalar em Teresina. A suspensão do início das aulas da Rede Municipal no formato híbrido acontece a fim de prevenir a propagação do coronavírus, ajudando a manter a saúde dos estudantes, trabalhadores em educação, comunidade escolar e toda a população”, ressalta o professor Nouga Cardoso.

Mais na Web