Piauí

Sesapi autoriza retomada das cirurgias eletivas no Piauí

Segundo dados do Complexo Estadual de Regulação Ambulatorial (CERA), as especialidades médicas com maiores filas são Cirurgia Geral e Ortopedia.
  • LAÍS VITÓRIA
16/02/2021 07h46 - atualizado

A partir desta segunda-feira (15), a Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), por meio do Comitê de Operações Especiais (COE), autorizou todos os procedimentos cirúrgicos eletivos ambulatoriais nos Estabelecimentos Públicos de Saúde do Estado do Piauí, sob a gestão da Sesapi.

As cirurgias estavam suspensas devido a pandemia da Covid-19 e serão retomadas seguindo a fila de espera com quem já estava agendado. Segundo dados do Complexo Estadual de Regulação Ambulatorial (CERA), as especialidades médicas com maiores filas são Cirurgia Geral e Ortopedia.

De acordo com o CERA, os hospitais com as maiores filas de espera são o Hospital Getúlio Vargas e Hospital Infantil Lucídio Portela (HILP), em Teresina, e o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano. O superintendente de Gestão da Rede de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Alderico Tavares, esclarece que, a retomada será gradual a partir desta semana.

“O atendimento segue a fila de espera, com aqueles que já estavam com as consultas, exames e cirurgias agendadas, desde a paralisação. O objetivo é zerar algumas demandas o mais rápido possível”, explicou. O atendimento necessita de prévio agendamento, sendo respeitada a fila de espera da regulação.

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto reforçou o pedido de cautela e atenção da população nessa retomada. “Ainda estamos na pandemia e precisamos redobrar os cuidados para evitar contaminação pelo novo coronavírus. Não podemos aglomerar”, esclarece.

Mais na Web