Piauí

Sesapi diz que está colaborando com as investigações da PF

De acordo com a nota, a Sesapi diz estar colaborando plenamente com as investigações da PF e ressalta a sua transparência e seriedade durante todo o trabalho de combate à pandemia da Covid-19.
12/01/2021 09h20 - atualizado

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) divulgou uma nota de esclarecimento sobre a Operação Campanile, deflagrada pela Polícia Federal e que investiga supostas fraudes em processos de dispensa de licitação firmados entre a pasta e três empresas, com recursos destinados no combate ao novo coronavírus.

De acordo com a nota, a Sesapi diz estar colaborando plenamente com as investigações da PF e ressalta a sua transparência e seriedade durante todo o trabalho de combate à pandemia da Covid-19.

Confira a nota na íntegra:

A Secretaria de Estado da Saúde informa que colabora plenamente com as investigações da Polícia Federal deflagradas na manhã nesta terça (12). O órgão ressalta sua transparência e seriedade durante todo o trabalho de combate a pandemia do coronavírus e destaca que todos os procedimentos contratuais e licitatórios obedecem, rigorosamente, o que prevê a lei. A Sesapi reconhece o trabalho e o dever da polícia de investigar e irá mostrar, ao longo do processo, que não há nenhuma irregularidade em suas ações.

Operação Campanile

Na manhã desta terça-feira, 12 de janeiro, a Polícia Federal deflagrou a fase ostensiva da investigação denominada Operação Campanile, dando cumprimento a 18 mandados de busca e apreensão nos municípios de Teresina, Joca Marques, Parnaíba, Pelotas (RS) e São Paulo (SP), expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), que envolveram a participação de cerca de 100 policiais federais e sete auditores da Controladoria-Geral da União.

Mais na Web