Coronavírus no Piauí

Sesapi garante que não há registro da variante Delta no Piauí

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde, a variante foi detectada nos estados do Ceará, Pernambuco e Maranhão.
12/08/2021 15h54 - atualizado

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) por meio da Coordenação Estadual de Epidemiologia atesta que até o momento, não há registros de casos da variante Delta no Piauí.

Segundo a Sesapi, o registro mais próximo do estado foi na cidade de Poranga no Ceará, localizado a 76Km do município de Pedro II.

De acordo com o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância de Saúde do Ceará (CIEVS), a variante registrada em Poranga teria sido trazida por um grupo de pessoas, vindas de São Paulo para distribuir cesta básica na cidade e, após retorno ao estado de origem, um dos participantes apresentou PCR Positivo, e a variante delta foi confirmada pela equipe de Vigilância Epidemiológica do município, bem como pelo CIEVS de São Paulo, onde o paciente reside.

A Coordenadora Estadual de Epidemiologia, Amélia Costa explica que a variante Delta foi detectada no Ceará, Pernambuco e Maranhão, mas que a Sesapi orienta aos municípios que são vizinhos a esses estados a intensificarem a vigilância com barreiras sanitárias nas entradas dos municípios que fazem fronteira.

“Não temos registros de casos no Piauí, mas a Sesapi orienta aos nossos municípios que são circunvizinhos a estes estados a intensificarem a vigilância de barreiras nas entradas de acesso às cidades, garantindo uma identificação de possíveis casos”, afirmou.

Ainda segundo a Sesapi, desde 2020 o estado tem casos de variantes, mas nenhum da Delta e, nesse período, foram registrados oito casos das variantes P1, P2 e N9, em Teresina, Canto do Buriti, São João da Canabrava, São João do Piauí, União, e Prata do Piauí.

Já em 2021, foram, 29 casos identificados nas cidades de Teresina, Canto do Buriti, Altos, Floriano, Pedro II, Beneditinos, Parnaíba, José de Freitas, Brasileira, Luís Correia, sendo um procedente do município de Pedreiras(MA) e Brasília(DF).

A Coordenadora Amélia Costa chama a atenção para os cuidados de higiene que devem ser mantidos mesmo com a redução de casos da Covid-19 no estado.

“Mesmo com a redução de casos no país e no Piauí, além da administração da vacina, não devemos banalizar as medidas de proteção por que os casos ainda estão ocorrendo”, disse.

A variante Delta foi detectada pela primeira vez em outubro de 2020, em Maharashtra, na Índia e desde então se espalhou amplamente por todo o país e ao redor do mundo, com múltiplas mutações. As funções exatas de cada mutação ainda não foram investigadas cientificamente, porém apresentam alta transmissibilidade.

Mais na Web