Polícia

Sindepol lamenta morte da delegada Maria das Graças Moura

Em nota, divulgada nas redes sociais, o Sindicato destacou o trabalho realizado pela delegada no combate à violência contra a mulher.
30/06/2021 14h33 - atualizado

Na noite dessa terça-feira (29), o Sindicato dos Delegados da Polícia Civil do Piauí (Sindepol) lamentou a morte da delegada Maria das Graças Moura Neiva, de 72 anos vítima de uma leucemia.

Em nota, divulgada nas redes sociais, o Sindicato destacou o trabalho realizado pela delegada no combate à violência contra a mulher.

  • Foto: DivulgaçãoMaria das Graças Moura Neiva.Maria das Graças Moura Neiva.

“Delegada Gracinha, como era carinhosamente chamada pelos seus colegas, deixa um legado de trabalho pela segurança pública, em especial de luta em combate à violência contra a mulher, onde por último estava lotada na DEAM do centro”, diz trecho da nota.

A delegada estava internada há 14 dias no Hospital São Marcos em Teresina e estava afastada das atividades devido aos tratamentos de saúde. Ela atuava na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam Centro).

  • Foto: Divulgação/InstagramNota de pesar divulgada pelo Sindepol.Nota de pesar divulgada pelo Sindepol.

Mais na Web