Piauí

S&P reduz nota de crédito soberano do Brasil para BB-

O nova classificação distancia ainda mais o país do selo de bom pagador.
  • GABRIEL SOARES
12/01/2018 08h49 - atualizado

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) reduziu de crédito soberano do Brasil de BB para BB-. Comunicada nesta quinta-feira (11), a reavaliação mantém o rating do país sem o selo de bom pagador e decaindo no nível de investimentos. Ainda assim, a perspectiva foi alterada de negativa para estável.

O Ministério da Fazenda divulgou uma nota na noite de ontem (11) sobre o ocorrido. Conforme o texto, a S&P ressaltou “a necessidade e urgência da aprovação de propostas de consolidação das contas públicas pelo Congresso Nacional”. Entre elas, estão a Reforma da Previdência, além do adiamento do reajuste e o aumento da contribuição previdenciária dos servidores públicos.

  • Foto: Reprodução/street viewSede do Ministério da Fazenda em Brasília.Ministério da Fazenda publicou uma nota sobre a reavaliação do S&P.

A nota também cita que a agência reconhece a agenda do governo voltada para ações de fortalecimento econômico e a melhora das condições fiscais nos próximos anos, além de enfatizar a aprovação de medidas como Teto de Gastos, a Reforma Trabalhista, o Programa de Recuperação Fiscal dos Estados, a reabertura do setor de óleo e gás, a reformulação das políticas de crédito do BNDES e a nova Taxa de Longo Prazo (TLP).

Na nota, o Governo Federal reafirmou seu compromisso com a consolidação fiscal, que deve avançar com a inclusão das reformas na agenda do Congresso Nacional e com o avanço da produtividade e do crescimento do PIB, além da aprovação das medidas como a Reforma da Previdência, tributação de fundos exclusivos, reoneração da folha de pagamentos, entre outras.

Mais na Web