Entretenimento

SUDARPI promove I Salão Nacional de Arte Santeira do Piauí

Conforme o governo do estado, o evento será realizado simultaneamente ao XVII Salão de Arte Santeira do Piauí que terá 14 obras de mestres e artesões locais.
18/11/2021 16h45 - atualizado

O I Salão Nacional de Arte Santeira-Piauí se inicia nesta quinta-feira (18), às 18h e contará com obras de oito mestres e ou/artesões de outras cidades e estados como São Paulo, Rio de janeiro, Belo Horizonte, Maranhão e Goiás. O evento ocorre até o dia 06 de dezembro na Central de Artesanato Mestre Dezinho em Teresina.

Conforme o governo do estado, o evento será realizado simultaneamente ao XVII Salão de Arte Santeira do Piauí que terá 14 obras de mestres e artesões locais. Os eventos são organizados pela Secretaria de Cultura do Estado do Piauí (SECULT), através da Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (SUDARPI).

  • Foto: Divulgação/ Governo EstadoSalão Nacional de Arte Santeira-Piauí.Salão Nacional de Arte Santeira-Piauí.

O Salão de Arte Santeira é um projeto que faz parte do calendário cultural do Piauí que garante a oportunidade para conhecer a cultura da santeira de outros estados, o que promove mais enriquecimento a exposição com a diversidade de características que compõe as peças.

O tema deste ano é São Francisco que foi o inventor do presépio. O superintendente do artesanato João Costa afirmou que a escolha do tema foi devido à junção de duas características presentes na cultura santeira do estado.

“A primeira característica é que São Francisco é um dos santos mais reproduzidos pelos santeiros piauienses e a segunda é por ser o inventor do presépio e o salão acontecer durante a época natalina, um tempo de renovação da esperança e recomeço da cultura e artesanato do nosso estado”,  explica João Costa.

O Mestre Araújo oriundo de Domingos Mourão no Piauí será o homenageado deste evento, ele é uma figura importante no cenário do artesanato piauiense, além de ter reconhecimento internacionalmente com obras expostas em países como Alemanha, Itália, Espanha, França, Portugal.

“Ele é um grande representante da arte santeira no Piauí, pela sua história, legado e pela forma da sua expressividade na sua arte”, afirma o coordenador de artesanato.

O homenageado deste ano começou no cenário do artesanato piauiense aos 9 anos de idade quando começou a esculpir suas obras na cidade natal. O seu tio Mestre Expedito introduziu o artesão iniciante ao Mestre Dezinho para que ele auxiliasse na construção das portas da igreja da Vermelha situada em Teresina. Atualmente Mestre Araújo reside no município de Pedro II-PI.

Ainda segundo o governo do estado, Salão de Arte Santeira visa a valorização da arte, da cultura além de promover a comercialização, divulgação e visibilidades aos artesões que terão suas obras expostas.

Para os artesãos que tiverem interesse em participar o evento adotou as seguintes modalidades para a Salão Estadual: Esculturas em madeira, Entalhe em madeira e Artes visuais em superfícies planas com as premiações de 1° Lugar – 3.000,00; 2° Lugar – 2.000,00 e 3° Lugar – 1.500,00 e para o Salão Nacional foram adotas as categorias  escultura em madeira e entalhe em madeira que terá as premiações de 1° Lugar – 5.000,00; 2° Lugar – 3.000,00 e 3° Lugar – 2.000,00.

A Secretaria de Cultura do Piauí durante o evento homenageará também o Roberto Broder, grande incentivador do artesanato no estado. Além disso, serão divulgados outros projetos desenvolvidos junto a Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí – Piauí Fomento, a Secretária de Estado da Educação – SEDUC e Coordenadoria de Comunicação Social – Ccom.

Mais na Web