Polícia

Superintendente da PF confirma atuação de facções criminosas no Piauí

O prejuízo evitado pela Polícia Federal aos cofres públicos por organizações criminosas chegou a R$ 278.408.694,95.
17/11/2020 12h45 - atualizado

A Polícia Federal realizou nesta terça-feira (17) uma coletiva de imprensa alusiva ao Dia do Policial Federal para repassar dados do balanço operacional do órgão do ano de 2020. De acordo com a Superintendente Mariana Paranhos, os dados deste ano são recorde.

Apenas este ano, a PF fez apreensões em combate à corrupção no valor de 5,5 bilhões de reais, além de um trabalho intenso de combate ao tráfico de drogas e desarticulação de redes criminosas. Desse total bilionário, o Piauí contribuiu com R$ 14.373.909,16 em bens apreendidos. O prejuízo evitado pela Polícia Federal aos cofres públicos por organizações criminosas chegou a R$ 278.408.694,95, já o prejuízo causado pela corrupção foi de R$ 150.044.997,75.

  • Foto: Luis Marcos/ViagoraDelegada de Polícia Federal, Mariana Paranhos CalderonDelegada de Polícia Federal, Mariana Paranhos Calderon

A superintendente ainda informou que foram mais de 200 operações de combate à corrupção deflagradas pela Polícia Federal “No combate à corrupção os números também são bastante positivos, a PF já apreendeu neste ano quase 5 bilhões e meio em patrimônio das organizações criminosas investigadas pelo desvio de recursos públicos e mais de 200 operações de combate à corrupção, somados, os valores apreendidos no combate ao crime, superamos mais de 6 bilhões, além de impedir prejuízos também bilionários aos cofres públicos”, disse Mariana Paranhos.

Ainda de acordo com informações repassadas por Mariana Paranhos, nas operações de investigação acerca de desvio de recursos no período da pandemia o Piauí teve uma grande taxa de sucesso. "Os números já mostram o grande poder aquisitivo dessas organizações. Aqui no Piauí, especificamente, assim que nós tivemos a decretação da pandemia, assim que nós tivemos a destinação extraordinária de recursos com medidas normativas muito mais flexíveis pra execução desses orçamentos, nós montamos um grupo especializado para o tratamento desses recursos, só pra análise e tratamento desses recursos. Veja, de 6 bilhões, 14 milhões sendo do estado do Piauí, dentro de 27 outros estados eu acredito que a gente teve uma taxa de sucesso grande", destacou.

Tráfico de Drogas

Com relação ao combate do tráfico de drogas, apenas este ano já foram retiradas mais de 370 toneladas de maconha e quase 68 toneladas de cocaína das ruas. A superintendente destaca que a PF também vem trabalhando no desabastecimento de drogas, promovendo a destruição de plantações, em ações conjuntas com a Polícia Federal nacional e com a polícia internacional.

“A PF destruiu plantações de maconha no Brasil 644 toneladas, mas também no Paraguai, 947 toneladas, ultrapassando 1.500 toneladas de droga que deixou de ser produzida”, informou a superintendente.

Mariana também confirmou a presença de facções criminosas em Teresina e informou que a Polícia Federal está trabalhando com foco em descapitalizar o crime organizado.

“A Polícia Federal no Piauí trabalha com o foco da Polícia Federal nacional, a descapitalização do crime organizado. Realmente nós temos quadrilhas de traficantes de entorpecentes aqui no Piauí como estado de passagem, realmente nós percebemos a presença de facções criminosas migrando dos estados vizinhos aqui para o Piauí e o foco da Polícia Federal no Piauí não é só a apreensão de drogas, mas a descapitalização desses traficantes”, disse.

Números do Piauí (2019 e 2020)

•             Inquéritos Instaurados – 1308

•             Inquéritos Relatados/Encerrados – 1500

•             Pessoas indiciadas – 814

•             Operações Deflagradas – 61

•             Prisões – 119

•             Bens apreendidos – R$ 14.373.909,16

•             Prejuízo Causado (prejuízo causado aos cofres públicos pelas organizações criminosas investigadas) – R$ 150.044.997,75

•             Prejuízo Evitado (projeção do valor que, com a ação da PF, as organizações criminosas deixam de causar aos cofres públicos) – 278.408.695,95

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web