Polícia

Suspeito de assaltar banco em Miguel Alves morre em confronto com a PM

Segundo a PM, os suspeitos de explodir o Banco do Brasil estão escondidos em um matagal entre União e Miguel Alves.
15/10/2020 08h35 - atualizado

A Polícia Militar do Piauí, com o apoio da Força Tarefa, realizou buscas para achar os suspeitos do assalto ao Banco do Brasil da cidade de Miguel Alves. As diligências foram realizadas na tarde dessa quarta-feira (14), em uma região de mata entre União e Miguel Alves.

Segundo o coronel Rubens Pereira, secretário de Segurança Pública, durante a ação de buscas houve um confronto com os criminosos e um deles veio à óbito. Com o suspeito foi apreendido um fuzil 762.

De acordo com informações, policiais da PM e um grupo da Polícia Civil continuam no local fazendo cerco para tentar encontrar os outros assaltantes. A polícia informou ainda que aproximadamente 10 suspeitos ainda estão em fuga, mas todos já foram identificados.

  • Foto: Reprodução/WhatsappBandidos explodem banco e fazem refénsBandidos explodem banco e fazem reféns

Entenda o caso

Na madrugada de domingo (4), criminosos fortemente armados explodiram uma agência do Banco do Brasil localizada no município de Miguel Alves, região norte do Piauí.

Uma equipe da Polícia Militar foi acionada por volta de 3h15, mas ao chegar ao local foi recebida a tiros, dando início à um confronto policial. Os criminosos estavam munidos de fuzis, metralhadores e outras armas.

Segundo informações da Polícia Militar, cerca de 10 assaltantes participaram da ação, e no momento da fuga fizeram populares que estavam em um bar, nas proximidades do local, reféns. A quadrilha levou cinco reféns e os liberou na saída da cidade, juntamente com dois carros queimados que provavelmente foram utilizados na fuga.

Mais na Web