Polícia

Suspeito de liderar assalto ao Banco do Brasil de Miguel Alves é preso

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi preso na manhã desta quarta-feira (29) na cidade de Livramento (PB).
29/09/2021 10h50 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira (29), a Polícia Civil, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e Diretoria de Inteligência da Polícia Civil do Piauí, em parceria com a Polícia Civil de Paraíba, através da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO), prendeu um homem suspeito de ser líder de um grupo criminoso que invadiu e roubou o Banco do Brasil da cidade de Miguel Alves em outubro de 2020.

Segundo o Greco, o suspeito identificado como Gildo, conhecido como “Bicudo”, foi preso na zona Rural da cidade de Livramento no estado da Paraíba. A prisão foi realizada através de um mandado expedido pela Comarca de Miguel Alves (PI).

  • Foto: GRECOOperação da Polícia Civil.Operação da Polícia Civil.

De acordo com a polícia, o suspeito foi conduzido à Regional de Polícia Civil de Campina Grande (PB), onde será interrogado e adotadas as providências legais decorrentes de prisão para logo em seguida ser transferido para Teresina.

Ainda segundo o Greco, a ação resultou na apreensão de armamento e explosivos. Além de Bicudo, foram presos Adenoaldo e Edson, naturais de Livramento (PB) e Wesley natural de Teresina, que fazia o uso de documento falso e também era foragido da justiça do Piauí.

  • Foto: GRECOPolícia Civil apreende armamento explosivo durante a ação.Polícia Civil apreende armamento explosivo durante a ação.

Conforme a Polícia Civil, Bicudo tem um vasto histórico criminal, com prisões em vários estados da federação, com destaques para roubo ao banco em Luzilândia, ocasião em que o gerente foi morto, banco de Miguel Alves e resgate de presos do 22º DP.

Mais na Web