Polícia

Suspeito de matar ex-mulher a facadas em Uruçuí é indiciado por feminicídio

A vítima foi morta no dia 19 de fevereiro de 2021, no município de Uruçuí, no Sul do Piauí. Após a conclusão do inquérito, o caso foi enviado ao Ministério Público.
03/03/2021 08h22 - atualizado

O inquérito que investigava a morte de Alzinete de Carvalho Mendonça, foi concluído pela Polícia Civil que indiciou o seu ex-companheiro, Edgarden Erkine Pereira dos Santos, de 34 anos, pelo crime de feminicídio.

A vítima foi morta no dia 19 de fevereiro de 2021, na cidade de Uruçuí. Depois que o inquérito foi concluído, o caso foi enviado ao Ministério Público do Piauí.

Segundo o delegado da região, Célio Benício, o suspeito foi indiciado por homicídio triplamente qualificado, que seria feminicídio, por motivo fútil.

Alzinete de Carvalho Mendonça, de 32 anos, foi assassinada a facadas na porta da sua residência, quando saía de casa para o trabalho.

Mais na Web