Piauí

TCE-Piauí arquiva denúncia contra prefeito Valmir Barbosa

O prefeito de Dom Expedido Lopes foi acusado por suposta nomeação irregular. O julgamento aconteceu no dia 13 de novembro de 2018.
26/11/2018 10h40 - atualizado

O Tribunal de Contas do Piauí arquivou denúncia conta o prefeito de Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa (PDT), por suposta nomeação irregular. O julgamento aconteceu no dia 13 de novembro de 2018.

  • Foto: Facebook/Valmir BarbosaPrefeito de Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa.Prefeito de Dom Expedito Lopes, Valmir Barbosa.

Três vereadores da cidade o acusaram de ter nomeado Joaquim Tomás Barbosa de Sousa para exercer o cargo de Controlador Geral do Município, mesmo este não fazendo parte do quadro de efetivos do município.

No mês passado, o prefeito informou ao Viagora que uma servidora concursada está ocupando o cargo atualmente. Ele chamou a denúncia de “vazia e sem fundamento legal” e declarou ser alvo de notícias falsas.

O relator do caso, conselheiro relator Abelardo Vilanova, considerou memoriais apresentados pelo gestor que comprovaram a exoneração de Tomás Barbosa e a nomeação de Gardênia Barbosa de Moura para o cargo.

Abelardo discordou do Ministério Público de Contas (MPC) e votou pelo arquivamento do processo, “considerando ter havido a perda do objeto”. O posicionamento foi seguido pela Primeira Câmara do TCE-PI.

Mais na Web