Geral

Temer é chefe de organização criminosa há 40 anos, diz Lava Jato

O ex-presidente foi preso na manhã desta quinta-feira (21), em São Paulo, por agentes federais do Rio de Janeiro
  • DA REDAÇÃO
21/03/2019 16h20

Investigações da Lava Jato apontam o ex-presidente Michel Temer é chefe de uma organização criminosa que atua há 40 anos no Rio de Janeiro

"Michel Temer é o líder da organização criminosa a que me referi, e o principal responsável pelos atos de corrupção aqui descritos", disse na sentença, o juiz Marcelo Bretas.

 O ex-presidente foi preso na manhã desta quinta-feira (21), em São Paulo, por agentes federais do Rio de Janeiro.  Na mesma operação foi preso também no Rio de Janeiro o ex-ministro de Minas e Energia Moreira Franco.

Os mandados foram expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, responsável pela Lava Jato no estado.

Sobre a prisão

A prisão do ex-presidente é preventiva e teve como base a delação de José Antunes Sobrinho, dono da Engevix. O empresário relatou à Polícia Federal que pagou R$ 1 milhão em propina, a pedido do coronel João Baptista Lima Filho, amigo de Temer, do ex-ministro Moreira Franco e com o conhecimento do presidente Michel Temer. A Engevix fechou um contrato em um projeto da usina de Angra 3.

Mais na Web