Coronavírus no Piauí

Teresa Britto quer vacinação contra Covid para pacientes psicossociais

Segundo a parlamentar, os pacientes psicossociais deveriam estar incluídos como grupo prioritário na vacinação pois são considerados deficientes e reconhecidos pela ONU.
23/03/2021 15h49 - atualizado

Na manhã desta terça-feira (22), a deputada Teresa Britto (PV) apresentou na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), um requerimento ao Governador Wellington Dias, para incluir as pessoas com transtornos mentais entre os grupos prioritários para a vacinação contra a Covid-19.

Segundo a parlamentar, os pacientes psicossociais deveriam estar incluídos na parcela da população que será vacinada de modo prioritário, pois são considerados deficientes.

  • Foto: AscomDeputada Tereza Brito (PV).Deputada Teresa Brito (PV).

“Eles também são considerados deficientes reconhecidos pela convenção da Organização das Nações Unidas (ONU) de 2006, mas infelizmente não estão incluídos na prioridade da vacinação no Estado”, afirmou.

Ainda de acordo com Teresa Britto, em 2018 o Governo do Estado sancionou uma lei que garante direitos a essa parcela da população.

“Foi sancionada uma lei pelo próprio Governador Wellington Dias, que reconhece que pessoas com transtornos psicossociais têm os mesmo direitos que as demais pessoas com deficiência. Então vamos dar entrada nesse requerimento para garantir e cobrar que esse direito seja respeitado”, defendeu a deputada.

No último sábado (20) o Piauí recebeu um novo lote com 85 mil doses de vacinas contra o novo coronavírus.

Mais na Web