Política

Teresa Britto retira pré-candidatura por complicações da Covid-19

De acordo com a deputada, após contrair a Covid-19 ela apresentou complicações cardiovasculares, e recebeu recomendações médicas para evitar fortes emoções.
09/09/2020 14h28 - atualizado

A deputada estadual Teresa Britto (PV) confirmou nesta quarta-feira (09), que não irá mais concorrer às eleições municipais deste ano para a Prefeitura de Teresina devido à complicações após contrair a Covid-19.

Por meio das redes sociais, a deputada informou que após contrair a Covid-19 apresentou um problema cardiovascular e vem realizando tratamento médico. A deputada relata ainda que recebeu uma recomendação médica para que evite fortes emoções.

“Estou curada da Covid, mas sigo em tratamento do problema cardíaco, que já́ estou fazendo há 30 dias, e que irá se estender por mais 30 dias para uma nova avaliação. Recebi a recomendação médica de evitar fortes emoções. Diante dos fatos, como uma campanha eleitoral exige enorme esforço físico e mental, passando por fortes emoções, decidi não participar do pleito eleitoral de 2020”, escreveu nas redes sociais.

Segundo a deputada, a pré-candidatura foi um pedido de segmentos da sociedade, lideranças comunitárias e de integrantes do Partido Verde para que ela fosse candidata à prefeita da capita. Teresa Britto afirma ainda que o projeto de se tornar prefeita de Teresina foi apenas “adiado”, mas continua “vivo”, e que pode ser concretizado no pleito de 2024.

“Comunico oficialmente que não irei concorrer às eleições deste ano, mas, diante de tantas manifestações de confiança e carinho, quero informar que o projeto da nossa candidatura a prefeita de Teresina continua vivo e está sendo apenas adiado, podendo ser, inclusive, concretizado em 2024”, afirmou.

Confira a publicação da deputada Teresa Britto:

Compartilho com vocês uma decisão que não foi nada fácil de tomar. Gostaria de informar à população da nossa querida Teresina que recebi muitas solicitações de vários segmentos da sociedade, de servidores públicos, de lideranças comunitárias, dos militantes e pré-candidatos do Partido Verde, para eu ser candidata a prefeita de Teresina nestas eleições. O convite muito me honra, muito me alegra e me deixa muito feliz, por isso, quero agradecer imensamente toda essa confiança, carinho e apoio. Todas essas manifestações mostram o reconhecimento da população ao nosso grande trabalho em quatro mandatos de vereadora e agora no exercício do mandato de deputada estadual. Esses pedidos me fizeram ter o desejo de colocar meu nome à disposição para pleitear o mais alto cargo público de nossa capital, ou seja, de ser candidata a prefeita de Teresina. No entanto, como é do conhecimento de todos, fui acometida com a covid-19 e, durante esse período, tive um problema cardiovascular. Estou curada da covid, mas sigo em tratamento do problema cardíaco, que já estou fazendo há 30 dias, e que irá se estender por mais 30 dias para uma nova avaliação. Recebi a recomendação médica de evitar fortes emoções. Diante dos fatos, como uma campanha eleitoral exige enorme esforço físico e mental, passando por fortes emoções, decidi não participar do pleito eleitoral de 2020. Comunico oficialmente que não irei concorrer às eleições deste ano, mas, diante de tantas manifestações de confiança e carinho, quero informar que o projeto da nossa candidatura a prefeita de Teresina continua vivo e está sendo apenas adiado, podendo ser, inclusive, concretizado em 2024. Minha eterna gratidão aos teresinenses pela confiança de sempre! Obrigada, obrigada e obrigada! Nosso trabalho por Teresina e por todo o Piauí vai continuar firme na Assembleia Legislativa, com a altivez e a independência de sempre. Um forte e carinhoso abraço!

Uma publicação compartilhada por Teresa Britto (@teresabritto_) em

Mais na Web