Piauí

Teresina ganhará projeto de mobilidade elétrica em outubro

O projeto de mobilidade elétrica conveniado entre iniciativa privada e poder público faz parte de um programa de pesquisa e desenvolvimento da ANEEL.
26/05/2021 14h48 - atualizado

Na manhã desta quarta-feira (26) a prefeitura de Teresina e a Equatorial Piauí assinaram um convênio para viabilidade de um projeto sobre mobilidade elétrica para a capital. O projeto está previsto para inaugurar em outubro deste ano.

A distribuidora fará doação de dez bicicletas elétricas para lazer da população no Parque da Cidadania, e um veículo elétrico para auxiliar na ronda policial. Além disso, a empresa também ficará responsável pela instalação de uma estação de carregamento de veículo elétrico e um posto de acomodação e carregamento das bicicletas no parque.

  • Foto: DivulgaçãoProjeto de mobilidadeProjeto de mobilidade

O projeto de mobilidade elétrica conveniado entre iniciativa privada e poder público faz parte de um programa de pesquisa e desenvolvimento da ANEEL, que busca desenvolver, testar e implementar um sistema de recarga rápida nacional capaz de abastecer bicicletas e veículos elétricos.

O presidente da Equatorial Piauí, Maurício Velloso, ressalta que a estação de carregamento também ficará disponível para alimentação de veículos elétricos da população que visite o local.

“A iniciativa faz parte do nosso programa de eficiência energética, bem como da política de sustentabilidade do Grupo Equatorial. Por meio do projeto, pretendemos promover o uso sustentável da energia associado aos meios de transporte, incentivar a redução de impactos ambientais causados pelos combustíveis fósseis e fomentar a qualidade de vida da comunidade através do uso dos equipamentos disponibilizados para o lazer”, disse.

Conforme Maurício Velloso, o grupo também levará o projeto para suas distribuidoras no Maranhão, Pará e Alagoas e todas as capitais receberão, ainda este ano, a mesma quantidade de carros e bicicletas, além da instalação de uma estação de carregamento e um posto de acomodação para bicicletas e carros elétricos.

 “É um momento de agradecimento à Equatorial Energia por terem escolhido Teresina para o início desse projeto de inovação tecnológica. A cidade está de braços abertos para empresas que buscam investir na capital. Queremos avançar, cada vez mais, no sentido de beneficiar o PIB da cidade com ações sociais, promovendo iniciativas sustentáveis, como esta que firmada hoje com o projeto de mobilidade elétrica”, disse o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

Mais na Web