Coronavírus no Piauí

Teresina inicia vacinação de pessoas de 50 a 54 anos com comorbidades

Segundo a FMS, serão 11 postos para a vacinação de pessoas de 50 a 54 anos com comorbidades, deficiência permanente, além de outros públicos já contemplados.
13/05/2021 16h22 - atualizado

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) informou nesta quinta-feira (13), que no sábado (15) irá disponibilizar 11 pontos no formato drive thru para a vacinação de pessoas com comorbidades e deficiência permanente de 50 a 54 anos, além de outros públicos já contemplados em etapas anteriores da campanha.

De acordo com a FMS, os pontos de vacinação estarão abertos das 9h às 17h sendo mulheres pela manhã (9h às 13h) e homens à tarde (13h às 17h). Também serão vacinadas pessoas com comorbidades ou deficiência permanente de 55 a 59 anos; pessoas com síndrome de down, transtorno do espectro do autismo e paralisia cerebral a partir de 18 anos, além dos idosos com 60 anos ou mais que por algum motivo ainda não receberam a primeira dose da vacina.

Confira onde serão montados os postos de vacinação:

- Terminal de Integração Buenos Aires;

- Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU Norte);

- UESPI;

- Terminal de Integração Zoobotânico;

- Terminal de Integração Bela Vista;

- Terminal de Integração Parque Piauí;

- Terminal de Integração Livramento;

- Faculdade Estácio;

- Terminal de Integração Itararé;

- Teresina Shopping;

- Uninovafapi.

Para receber a dose da vacina é necessário levar documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou cartão nacional do SUS e comprovante de residência da cidade de Teresina. Além disso, deve apresentar algum documento que comprove a condição: laudo ou declaração médica que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (original e cópia) e mais um laudo que comprove a deficiência.

A vacina utilizada será a do laboratório Astrazeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford e a Fiocruz. A coordenadora da vacinação contra a Covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, lembra que no entanto não se deve fazer distinções entre fabricantes. “Todas as vacinas utilizadas no Brasil contra a Covid-19 são eficazes e seguras, portanto não existem motivos para preferir ou recusar o uso de algum imunizante de qualquer um dos laboratórios adotados no momento”, ressalta.

Públicos-alvo:

- Pessoas com comorbidades de 50 a 54 anos

- Pessoas com deficiência permanente de 50 a 54 anos

- Pessoas com comorbidade de 55 a 59 anos;

- Pessoas com deficiência permanente de 55 a 59 anos

- Pessoas com síndrome de down a partir de 18 anos

- Pessoas com transtorno do espectro do autismo, acima de 18 anos

- Pessoas com paralisia cerebral, acima de 18 anos

- Idosos com 60 anos ou mais que ainda não teceberam a primeira dose

Documentos necessários:

- Documento de identificação com foto e data de nascimento;

- CPF ou cartão nacional do SUS;

- Comprovante de residência da cidade de Teresina-PI.

Documento que comprove o grupo prioritário:

Comorbidade:

­- Laudo OU declaração médica que comprove a comorbidade, com assinatura e carimbo do profissional de saúde (ORIGINAL E CÓPIA);

Pessoas com deficiência permanente:

- Laudo que comprove a deficiência.

Mais na Web