Piauí

Teresina volta a ficar em 1º no ranking das capitais em isolamento

Mesmo com a redução no número de casos, a capital piauiense continua registrando pessoas infectadas com o vírus.
07/10/2020 16h16 - atualizado

Teresina voltou a aparecer em primeiro lugar no ranking das capitais do país em isolamento social nessa terça-feira (6), com 35,92%, o mesmo índice da capital do Acre, Rio Branco. O levantamento mostrou ainda que o Piauí também ocupou o primeiro lugar entre os estados, com a taxa de isolamento de 37,4%.

Em comparativo com os dados da semana passada, houve uma queda de apenas 0,2%. Os índices vêm se mantendo nos mesmos patamares de segunda à sexta, oscilando entre 35 e 37%. O domingo continua sendo o dia da semana onde são observados os maiores percentuais de pessoas seguindo as recomendações de permanecerem em casa.

A startup In Loco monitora também os dados por regiões da cidade. Ontem, os índices foram bem parecidos, ainda assim, a zona Sul registrou o maior percentual de pessoas em casa, com 36,68%. Em seguida, veio a região Centro Norte (36,4%), Sudeste (36,03%) e Leste (35,99%). Já no que se refere aos bairros, as melhores taxas foram observadas no Brasilar (50,05%), Centro (45,48%), Saci (43,50%), Parque Piauí (43,1%) e Memorare (42,40%).

Na outra ponta da tabela estão os bairros Aeroporto (22%), Jacinta Andrade (28,3%), Cristo Rei (29,1%), Extrema (29,5%) e Vale do Gavião (29,9%). O distanciamento social continua sendo uma das medidas mais eficazes de combate ao novo coronavírus.

Mesmo com a redução no número de casos, a capital piauiense continua registrando pessoas infectadas com o vírus. Somente nesta terça-feira, houve 246 novos casos confirmados da doença e seis óbitos. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, Teresina registrou 1.038 óbitos, 33.626 infectados pelo novo Coronavírus e 14.539 recuperados da Covid-19

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web