Política

Thanandra quer construir hospital veterinário público em Teresina

A vereadora afirmou que conversou com o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa (MDB), e o gestor prometeu ajudá-la com o projeto.
08/02/2021 06h37 - atualizado

Em entrevista ao Viagora, a vereadora eleita pelo Patriota, Thanandra Sarapatinhas, comentou sobre a expectativa para o início do mandato e destacou ações voltadas para a causa animal.

De acordo com a vereadora, dentre as ações que ela pretende trabalhar está a castração dos animais que vivem em situação de rua, a construção de um hospital veterinário público e a construção de um novo Centro de Zoonoses.

Thanandra afirma que o prefeito Dr. Pessoa garantiu que iria ajudá-la na construção do hospital, e que esse teria sido um dos motivos para apoiar o então candidato a prefeito.

“Castração, vou tentar conseguir um hospital veterinário público pra eles, isso não vai depender só de mim, mas eu vou brigar, e um novo Centro de Zoonoses. Já tinha um projeto de antes que nunca fizeram, e o Dr. Pessoa disse que ia me ajudar. A única coisa que eu pedi pra ele foi pra ele me ajudar na parte dos animais, e ele me garantiu que ia me ajudar. Eu o apoiei porque ele gastava de bicho, que nem eu. Espero que ele não me decepcione”, comenta a vereadora.

  • Foto: Luís Marcos/ViagoraVereadora de Teresina, Thanandra SarapatinhasVereadora Thanandra Sarapatinhas.

Uma outra proposta que a vereadora diz que pretende lutar é em relação ao castramóvel, que consiste em um veículo que realiza a castração de animais nos bairros. Thanandra afirma que essa seria a única solução para controlar a quantidade de animais abandonados na cidade, e que iria ajudar principalmente as pessoas que não possuem condições para realizarem o procedimento.

“A questão do castramóvel é porque é a única coisa que vai fazer diminuir essa quantidade de animais, claro que não é a curto prazo. Fui na Câmara, protocolei a questão do castramóvel, e conversei com o Dr. Pessoa para poder conseguir. Tem gente que não tem condição, que não se preocupa, deixa os cachorros, gatos, vai só procriando, deixa fora, abandona. O castramóvel é para facilitar”, disse a vereadora.

Na oportunidade, Thanandra também comentou sobre o resultado do inquérito que constatou que um de seus animais não teria sido morto por envenenamento. Segundo a vereadora, que acusa uma vizinha de praticar o envenenamento, o advogado dela estava acompanhado o caso, mas comenta que chegou um ponto em que a delegada não atendia mais o seu advogado. A vereadora destaca ainda que possui provas.

“O meu jurídico tá resolvendo isso aí. Eu estou bem calma porque eu sei do meu amor pelos meus animais, quem me conhece, quem me acompanha sabe. [...] Eu tenho provas de tudo que aconteceu. O meu advogado tava acompanhando, eu tentando falar com a delegada, mas chegou um ponto que ela simplesmente cortou, não atendia mais ele, não falava. Desde criança que animal meu aparecia envenenado, eu nunca imaginei. Depois da confusão que a mulher chamou pra mostrar o animal envenenado, pra perguntar se era meu e disse que ia matar todos, foi quando começou toda a confusão. No outro dia apareceu cachorro morto”, relata.

  • Foto: Luís Marcos/ ViagoraVereadora de Teresina Thanandra SarapatinhasVereadora de Teresina Thanandra Sarapatinhas

Thanandra, que foi eleita para o primeiro mandato com 3.156 votos, comenta que tem sido muito bem recebida pelos vereadores, mas que a ficha está caindo agora.

“Na verdade, está começando a cair a ficha agora. A recepção lá foi boa, todo mundo entendeu que eu nunca fui metida com isso, que eu não entendia. O povo está me acolhendo bem, está me ensinando, me ajudando, e também não é um bicho de sete cabeças não”, comenta a vereadora.

Mais na Web