Política

TJ-PI absolve Silvio Mendes em processo de suposta contratação irregular

A decisão do TJ-PI é de que não houve dolo nas contratações e julgou improcedente o pedido da ação e afastou todas as penalidades impostas.
26/06/2020 15h50 - atualizado

O Tribunal de Justiça do Piauí absolveu nesta sexta-feira (26), por unanimidade, o ex-prefeito Silvio Mendes, no processo movido pelo Ministério Público do Piauí alegando a contratação irregular de funcionários para a área da saúde.

A decisão do TJ-PI é de que não houve dolo nas contratações e julgou improcedente o pedido da ação e afastou todas as penalidades impostas. A sessão foi realizada de forma virtual por conta da pandemia da Covid-19

As contratações foram realizadas pelos gestores da Fundação Municipal de Saúde, João Orlando Ribeiro e Firmino Filho, quando Silvio Mendes era Prefeito de Teresina.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Ex-prefeito Sílvio MendesEx-prefeito Sílvio Mendes

Sílivo disse que os servidores assinaram contrato temporário por conta do fechamento do Hospital Meduna e a abertura dos Centro de Atenção Psicossocial-CAPs- e do Hospital de Urgência de Teresina -HUT.  “Os funcionários foram, em seguida, substituídos por novos profissionais que fizeram concurso realizado pela FUFPI antes do prazo dado pela justiça", disse o ex-gestor

  • Foto: DivulgaçãoCertidãoCertidão

De acordo com Sílivo Mendes, o processo seguia na justiça há dez anos e a decisão unanime do TJ-PI de hoje mostra que a verdade sempre prevalece. "A decisão comprovou o cuidado que eu sempre tive com gestor público em trabalhar com transparência e sempre dentro da legalidade ", acrescentou.

Mais na Web