Geral

Trabalhadores nascidos em julho podem sacar parcela do auxílio

A partir desta parcela os trabalhadores poderão transferir o recurso total para uma conta corrente, sem custo para o beneficiado.
  • LETÍCIA DUTRA
13/10/2021 09h42 - atualizado

Nesta sexta-feira (15), trabalhadores informais nascidos no mês de julho e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem sacar a sexta parcela do auxílio emergencial 2021 através do aplicativo Caixa Tem.

A parcela referente a este mês foi depositada nas poupanças digitais da Caixa Econômica Federal no dia 28 de dezembro. De acordo com Agência Brasil, a partir desta parcela os trabalhadores poderão transferir o recurso total para uma conta corrente, sem custo para o beneficiado.

O dinheiro poderia ser movimentado apenas pelo aplicativo próprio da Caixa Econômica Federal, Caixa Tem, que permite a utilização de serviços como pagamento de contas domésticas (água, luz, telefone e gás), de boletos, compras em lojas virtuais ou compras com código QR em estabelecimentos parceiros.

O auxílio emergencial criado pelo Governo Federal em abril de 2020 atende pessoas que foram afetas pela pandemia da Covid-19. Até o momento foram o benefício foi distribuído em cinco parcelas com o valor de R$ 600 ou 1,2 mil para mães chefes de família monoparental.

Neste ano, o auxilio reduziu o valor para parcelas de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil das famílias cadastradas no programa, são elas: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

O programa seria encerrado na quarta parcela, depositada em julho nos depósitos virtuais da Caixa Econômica Federal e sacado em agosto, porém o Governo Federal prorrogou o benefício até outubro deste ano com mesmo valor.

Mais na Web