Piauí

Vacinação contra gripe inicia nesta quarta-feira em Teresina

De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), a capital piauiense deve contar com 104 salas de vacinação.
10/04/2019 16h00 - atualizado

Nesta quarta-feira (10), começou a Campanha de Vacinação contra a Gripe em Teresina. O período de vacinação vai até o fim do mês de maio, com o dia 4 sendo o Dia D de mobilização. De acordo com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), a capital piauiense deve contar com 104 salas de vacinação.

Em um primeiro momento, devem se vacinar gestantes e puérperas, crianças de 6 meses a 5 anos de idade, maiores de 60 anos, profissionais da saúde, pessoas de qualquer idade com doenças crônicas (diabetes, doenças cardíacas e respiratórias, distúrbios que comprometem a imunidade, como o câncer e outras), população indígena, pessoas privadas de liberdade, professores da rede pública e privada e trabalhadores do sistema prisional.

A rede pública municipal de saúde da capital deve receber 230 mil doses de vacina contra a Influenza em 2019. “Convocamos gestantes, crianças de 6 meses a 5 anos, portadores de doenças crônicas, idosos, enfim, todos do público alvo para comparecerem às nossas salas de vacinas, que existem em todas as zonas da cidade. Este momento é importante, pois estamos com muitas mudanças de temperatura, muita chuva. Um tempo propício para a proliferação da gripe”, afirma o presidente da Fundação Municipal de Saúde de Teresina, Charles da Silveira.

Já chegaram à capital quase 82 mil doses e novas unidades da imunização devem chegar ainda esta semana. “Além da vacina também é importante mantermos atos de prevenção à gripe. Devemos lavar as mãos com água e sabão e quem estiver gripado não visite recém-nascidos, gestantes ou paridas. Assim nós estamos cooperando na saúde tanto das crianças, quanto dessas mulheres”, alerta Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da FMS.

Esse ano a vacina trivalente ofertada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para grupos específicos protegerá contra os vírus H1N1, o H3N2 e o Influenza do tipo B Victoria. Tomar a injeção anualmente é importante, porque a gripe pode ter consequências sérias, como pneumonia e infarto. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença viral mata mais de 650 mil pessoas todos os anos.

Mais na Web