Polícia

Veja os nomes dos policiais presos na Operação Fraudulenti

A Polícia Civil do Piauí deflagou a operação na manhã de hoje (13) e prendeu oito policiais suspeitos de fraudar concurso da Polícia Militar em 2014.
13/08/2019 13h30 - atualizado

Na manhã desta terça-feira, 13 de agosto, a Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor), deflagrou a Operação Fraudulenti e prendeu oito policiais militares suspeitos de fraude no concurso público da Polícia Militar em 2014.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-PI) divulgou a lista dos nomes dos agentes presos na operação, que foi realizada pela Deccor em parceria com o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) e a Corregedoria da Polícia Militar.

Os mandados de prisão temporária e de busca e apreensão cumpridos foram expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Teresina. Cinco prisões foram realizadas na capital, duas em Simões e uma na cidade de São Luís, capital do estado do Maranhão. Além dos oito policiais militares presos, foi preso ainda um funcionário da gráfica responsável pelas provas do certame.

Confira a lista dos nomes dos presos na Operação Fraudulenti:

1. Antônio Francisco Mendes da Silva;

2. Antônio Yuri Rodrigues da Cruz Neto (funcionário da gráfica que supostamente teria repassado a prova);

3. Bráulio Siqueira Candido de Sousa (preso em Simões)

4. Danilo Barros e Silva

5. Fernando Coutinho dos Santos

6. Francisco de Assis Gonçalves da Silva (preso em Simões)

7. Geová Gomes da Silva

8. Gezza Duarte Ferro

9. Gitã Duarte Ferro (preso em São Luís)

Mais na Web