Piauí

Wellington comemora vitória de Regina em processo contra Joice Hasselmann

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) foi condenada a pagar R$ 40 mil de indenização a Regina Sousa, após insultos ditos contra a vice-governadora do Piauí.
25/11/2020 12h31 - atualizado

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), comemorou através das redes sociais a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que condenou a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) a pagar R$ 40 mil de indenização à vice-governadora Regina Sousa (PT), por insultos ditos contra a petista durante uma cobertura jornalística.

Em seu perfil no Twitter, Wellington afirmou que a decisão é “uma vitória de quem valoriza o respeito e repudia a arrogância e a violência ao ser humano”.

No dia 29 de agosto de 2016, a então jornalista Joice Hasselmann, durante transmissão no YouTube, chamou Regina Sousa de “anta”, “gentalha”, “semianalfabeta” e “cretina”. A jornalista acompanhava a sessão no Senado Federal enquanto a petista discursava, durante julgamento da então presidente Dilma Rousseff.

“Como uma criatura dessa se elege? Como alguém vota numa anta dessa? A mulher não consegue nem falar direito? [...] É um circo!”, comentou Joice.

Regina Sousa entrou com uma ação por danos morais contra Joice, que havia sido julgada improcedente em primeira instância, mas a vice-governadora recorreu ao STJ.

O relator do recurso, ministro Luís Felipe Salomão, afirmou no seu voto que o direito à crítica e à liberdade de expressão foram usados pela defesa da deputada como “escudo” para acobertar ofensas em prejuízo à dignidade.

Diante disso, o STJ condenou Joice a pagar R$ 40 mil de indenização à Regina, assim como deve pagar honorários advocatícios arbitrados em 20% da condenação.

Mais na Web