Piauí

Wellington cria Câmaras Técnicas que serão implantadas no Nordeste

O Piauí vai ancorar os projetos Nordeste Conectado, de energia limpa, e ainda atuar num programa de segurança vinculado também à Defesa Civil.
23/01/2021 17h40 - atualizado

Na tarde dessa sexta-feira (22), o governador Wellington Dias recebeu, a executiva do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas e Maria Fernanda, além e a secretária de Planejamento Rejane Tavares.

Na oportunidade, foram assinados os termos para a criação de 18 câmaras técnicas que devem impulsionar o desenvolvimento na região.

Segundo o governador estas são experiências nas áreas da segurança, turismo, atração de investimentos, produção na agricultura familiar com alimentos saudáveis e meio ambiente. “Cada um dos nove estados coordenará duas câmeras técnicas e o projeto de sucesso desenvolvido em um estado será transformado em projeto do Nordeste”, explicou.

  • Foto: Divulgação/Governo do PiauíReunião aconteceu na tarde dessa sexta-feira (22).Reunião aconteceu na tarde dessa sexta-feira (22).

O Piauí vai ancorar os projetos Nordeste Conectado, de energia limpa, e ainda atuar num programa de segurança vinculado também à Defesa Civil.

Wellington Dias citou ainda como bons exemplos as iniciativas de agricultura familiar com produtos orgânicos do Rio Grande do Norte; o Porto Digital de Pernambuco; programas de alfabetização, no Maranhão; gestão moderna em saúde e saneamento, na Bahia; turismo cultural e agenda de desenvolvimento em Alagoas; programa de melhoria na qualidade educacional, no Ceará. “Todos os estados estarão participando para garantir que essas boas experiências possam ser reproduzidas para todo o Nordeste, transformadas numa política a ser adotada para toda região”, concluiu.

Porto de Luís Correia

Na agenda dessa sexta-feira (22), o governador recebeu ainda a visita do capitão dos Portos Fragata, Maxwell Denigres, suboficial Alexandre Oliveira, suboficial Iran dos Santos e representantes da empresa SBPAR, Carlos H. Guts, André Barbosa e gestores da Secretaria de Governo, Fazenda, Suparc e Vitor Almeida.

Na reunião, o governador tratou com assessoria técnica a proposta de estudos e levantamento de informações sobre o Porto de Luís Correia, como a realização da batimetria.

Mais na Web