Política

Wellington dialoga com senadores sobre privatização da Eletrobras

No encontro o governador articulou a assinatura da emenda que prevê um crédito referente à venda da extinta Cepisa.
20/05/2021 19h38 - atualizado

Nessa quarta-feira (19), o governador Wellington Dias esteve em Brasília, onde tratou com deputados e senadores uma posição quanto à Medida Provisória que trata da privatização da Eletrobras.

O governador articulou a assinatura da emenda que prevê um crédito referente à venda da extinta Companhia Energética do Piauí (Cepisa). A pauta relacionada à Cepisa recebeu apoio da bancada federal piauiense e de líderes de outros estados, que assinaram a emenda.

“A Cepisa, sua maior estatal, foi vendida em 2017 e falta completar o pagamento. Isso estamos colocando no projeto. Caso passe a autorização para a privatização, já fica assegurado o direito ao povo do Piauí do recebimento do pagamento”, explicou.

Ainda em Brasília, o governador se reuniu com o presidente do Senado, senador Rodrigo Pacheco e o presidente da Câmara Federal, deputado Artur Lira, para discutir assuntos mais amplos de interesse dos estados e municípios brasileiros.

Na oportunidade, foram discutidos assuntos como a criação de grupo de trabalho no Conselho dos Secretários de Fazenda, pelo Fórum dos Governadores do Brasil, para retomar discussões sobre pautas prioritárias para o Brasil.

“Independente de quem é governo, oposição, quais medidas temos dentro dessa conjuntura, para termos um casamento entre o cronograma de vacina e a atenção ao empreendedor, medidas para gerar emprego, gerar renda. Isso que dá sustentação ao social”, finalizou.

Mais na Web