Saúde

Wellington Dias comemora retorno dos testes da vacina CoronaVac

Para o governador, a retomada dos testes, devolve ao Brasil as condições de ter mais de uma alternativa, e que isso dá múltiplas alternativas para o país construir o Plano Nacional de Imunização.
  • VIVIANE ROCHA
12/11/2020 17h02 - atualizado

Após a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para a retomada dos testes da vacina produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, o governador Wellington Dias comemorou.

Essa decisão foi tomada, após um parecer técnico de um comitê independente internacional ter sido emitido, terça-feira (10), descartando qualquer relação entre o óbito de um dos voluntários com algum efeito adverso da vacina.

Para o governador, a retomada dos testes, devolve ao Brasil as condições de ter mais de uma alternativa. Tanto a vacina do Butantan (Coronavac), quanto a desenvolvida pela empresa Astrazeneca, testada aqui em parceria com a Fiocuz e quanto à vacina russa, que é testada no Paraná, devem ser instigadas em seu processo de desenvolvimento. E pontua que isso dá múltiplas alternativas para o país construir o Plano Nacional de Imunização.

A fase três, de testes da Coronavac está prevista para o mês de dezembro. Caso tenha sucesso, os protocolos devem ser encaminhados para a Anvisa e só então ter sua liberação emergencial aprovada.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web