Piauí

Wellington Dias defende antecipação da vacinação contra Covid-19

Wellington comemorou o anúncio feito pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que o Brasil vai comprar 300 milhões de doses da vacina produzida pela Oxford em parceria com a AstraZeneca.
  • VIVIANE ROCHA
03/12/2020 15h48 - atualizado

O governador do Piauí, Wellington Dias, defendeu nessa quarta-feira (02), que o Brasil antecipe a vacinação contra a Covid-19, de forma que em março a maioria da população brasileira esteja imunizada contra a doença.

Wellington comemorou o anúncio feito pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que o Brasil vai comprar 300 milhões de doses da vacina produzida pela Oxford em parceria com a AstraZeneca.

O governador frisou que precisa ser feito um agendamento dentro do Plano Nacional de Imunização, intensificando a produção da vacina em janeiro, pois uma demora vai repercutir em mais contaminações, mortes e danos econômicos.

O parlamentar lembrou também que o país deve receber ainda outras 40 milhões de doses de uma das vacinas que estão sendo desenvolvidas no mundo, pois o Brasil faz parte de um consórcio com a Organização Mundial da Saúde (OMS), que prevê a liberação da quantidade.

O chefe do executivo estadual disse sentiu falta da vacina fabricada na China, a Coronavac, que tinha previsão de ser liberada pelo Instituto Butantã.

Mais na Web