Política

Wellington Dias discute pacto federativo em reunião com Bolsonaro

Todos os líderes do Senado foram convidados, inclusive os da oposição e da minoria. Apenas três dos 27 governadores não participam do encontro.
08/05/2019 09h30 - atualizado

Nesta quarta-feira, 8 de maio, o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), está reunido com governadores e líderes do Senado, para tratar do pacto federativo e da reforma da Previdência.

Bolsonaro chegou por volta das 7h10 para o encontro, organizado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), em sua residência oficial, em Brasília.

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, também participa, assim como o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Todos os líderes do Senado foram convidados, inclusive os da oposição e da minoria.

Apenas três dos 27 governadores não participam do encontro. Os governadores de Mato Grosso, Amazonas e Paraná estão ausentes, enquanto os gestores estaduais da Paraíba, de Pernambuco, São Paulo e da Bahia estão representados pelos seus vices. O Governador do Piauí Wellington Dias (PT) também participa do encontro.

Enquanto a Câmara trabalha na tramitação da reforma da Previdência, o Senado está empenhado em se debruçar sobre o novo pacto federativo.

A expectativa de parlamentares, governadores e prefeitos é de que a medida contribua para melhorar a situação financeira de seus governos e, consequentemente, das economias locais.

No último dia 17 de abril, Alcolumbre se reuniu com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e os dois defenderam que o trato político, social e econômico entre o Executivo e os entes federados precisa ser aperfeiçoado, com nova redistribuição de recursos.

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web