Política

Wellington Dias gastou R$ 1,7 milhão na campanha eleitoral

O governador reeleito foi quem teve o maior gasto entre os candidatos, tendo declarado R$ 1.768.900,82, sendo seguido por Luciano Nunes (PSDB), que gastou R$ 1.437.872,09.
KELVYN COUTINHO
DE TERESINA
09/10/2018 14h50 - atualizado

Segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os candidatos ao Governo do Estado do Piauí gastaram, durante a campanha para o 1º turno das Eleições 2018, o valor somado de R$ 4.357.563,59 (quatro milhões, trezentos e cinquenta e sete mil, quinhentos e sessenta e três reais e cinquenta e nove centavos) em ações de campanha eleitoral.

  • Foto: Montagem ViagoraWellington Dias e Luciano Nunes.Wellington Dias e Luciano Nunes.

O governador reeleito, Wellington Dias (PT), foi quem teve o maior gasto entre os candidatos, tendo declarado R$ 1.768.900,82 (um milhão, setecentos e sessenta e oito mil, novecentos reais e oitenta e dois centavos) em despesas ao TSE. Luciano Nunes (PSDB) vem em seguida, com gastos em despesas de campanha declarados de R$ 1.437.872,09 (um milhão, quatrocentos e trinta e sete mil, oitocentos e setenta e dois reais e nove centavos).

  • Foto: Montagem ViagoraElmano Férrer e Dr. Pessoa.Elmano Férrer e Dr. Pessoa.

O terceiro maior gasto foi o de Elmano Férrer (Podemos), que declarou R$ 776.216,49 (setecentos e setenta e seis mil, duzentos e dezesseis reais e quarenta e nove centavos) em gastos de campanha. Dr. Pessoa (Solidariedade) fica em quarto lugar no valor total de gastos, tendo declarado ao TSE o valor de R$ 269.824,43 (duzentos e sessenta e nove mil, oitocentos e vinte e quatro reais e quarenta e três centavos).

  • Foto: Montagem ViagoraValter Alencar, Romualdo Seno e Sueli Rodrigues.Valter Alencar, Romualdo Seno e Sueli Rodrigues.

Valter Alencar (PSC) declarou gastos de campanha no valor de R$ 98.341,86 (noventa e oito mil, trezentos e quarenta e um reais e oitenta e seis centavos), enquanto Romualdo Seno (DC) declarou o valor de R$ 9.210,15 (nove mil, duzentos e dez reais e quinze centavos) e Sueli Rodrigues (PSOL) declarou R$ 6.407,90 (seis mil, quatrocentos e sete reais e noventa centavos) em gastos de campanha.

Os candidatos Fábio Sérvio (PSL), Luciane Santos (PSTU) e Lourdes Melo (PCO) não declararam seus gastos de campanha ao Tribunal Superior Eleitoral.

O limite de gastos em campanha de 1º turno para o cargo de governador do Piauí, estabelecido pela Justiça Eleitoral e seguindo as regras de proporção do número de eleitores do Estado, foi de R$ 5.600.000,00 (cinco milhões e seiscentos mil reais).

Mais conteúdo sobre:

Mais na Web