Piauí

Wellington e Florentino visitam obras da nova Maternidade

Segundo o governador, a estrutura física da maternidade deverá ficar pronta até o final deste ano.
20/10/2021 13h53 - atualizado

Visita a obra da nova maternidade em Teresina

Na manhã desta quarta-feira (20), o governador Wellington Dias e o secretário de Saúde, Florentino Neto, visitaram o canteiro de obras da Nova Maternidade de Referência do Piauí, localizada na Avenida Presidente Kenedy, zona Leste de Teresina.

O chefe do executivo estadual explica que a estrutura física da obra deverá ficar pronta até o final deste ano e no início de 2022, já será iniciado o cronograma de mudança da Maternidade Dona Evangelina Rosa para o local.

“É uma das maiores obras nesta área hospitalar do Piauí e da própria região Nordeste. Um hospital moderno, é o único do Piauí que tem todo um sistema voltado para o controle de infecção hospitalar. Nós queremos entregar a obra física agora no final do ano, em condições de a gente, no início do ano, já está trabalhando todo o cronograma para a mudança da antiga Maternidade Dona Evangelina Rosa para a nova maternidade”, disse.

Segundo Wellington Dias, na obra foram investidos R$ 136 milhões, sendo R$ 86 milhões de recursos próprios do estado e R$ 50 milhões de emendas paramentares do deputado Assis Carvalho e da deputada Iracema Portella.

“É uma obra de R$ 136 milhões, R$ 86 milhão são de recursos próprios do estado, cerca de R$ 50 milhões com recursos de emendas parlamentares do deputado Assis Carvalho e da deputada Iracema. É um hospital da mulher com condições de atender, de forma adequada e eficiente as mulheres do Piauí”, ressaltou.

O secretário de Saúde Florentino Neto destaca que até março de 2022 já tenha iniciado a instalação dos equipamentos hospitalares na nova maternidade.

“A partir de dezembro, após terminar essa fase da construção da obra física, nós vamos iniciar a fase da instalação dos equipamentos. Até março nós deveremos ter os equipamentos instalados. Nós vamos ter aqui um centro cirúrgico ampliado, em perfeitas condições sanitárias no que tem de mais moderno de prevenção a infecção hospitalar”, destacou.

Mais na Web