Coronavírus no Piauí

Wellington pede suspensão dos voos entre quatro países e Brasil

O objetivo dessa medida é evitar que uma nova mutação do coronavírus, encontrada nesses países, chegue ao Brasil.
23/12/2020 12h59 - atualizado

Nessa terça-feira (22), o presidente do Consórcio Nordeste e governador do Piauí, Wellington Dias, enviou um ofício ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, requerendo que o Governo Federal seja acionado para suspender voos com destino ou origem no Reino Unido, Dinamarca, Holanda e Austrália.

O objetivo dessa medida é evitar que uma nova mutação do coronavírus, encontrada nesses países, chegue ao Brasil. Segundo a OMS, a nova cepa é ainda mais contagiosa do que a Covid-19.

O governador solicitou ainda que os passageiros que chegarem de voos com origem nos demais países europeus permaneçam em quarentena ao chegar ao Brasil, além de realizar o exame RT-PCR, que detecta a infecção pelo coronavírus.

Cientistas também alertam que a nova variante tem mutações que podem colocar crianças como um grupo tão suscetível a ser infectado quanto adultos, diferentemente das cepas anteriores.

O surgimento da nova variante de Sars-CoV-2, que segundo os cientistas é até 70% mais transmissível do que cepas anteriores detectadas no Reino Unido, levou alguns países a fecharem suas fronteiras com o Reino Unido e colocou grandes áreas do território britânico sob restrições severas durante o período natalino.

Mais na Web