Coronavírus no Piauí

Wellington quer critérios igualitários para todos os estados na vacinação

O governador disse que haverá um percentual entre 6 e 8 milhões no número de doses disponíveis para cada estado, de acordo com a população do Brasil.
17/01/2021 07h45 - atualizado

O governador Wellington Dias esteve em audiência com um representante do Ministério da Saúde (MS), na última sexta-feira (15).

Na ocasião, o assessor do MS, Airton Cascavel, garantiu que os critérios adotados pelo ministério em relação à vacinação contra a Covid-19 são igualitários e proporcionais para todos os estados brasileiros.

Essa definição é um luta do Fórum dos Governadores, desde o início da pandemia, por um cronograma nacional de imunização que beneficie igualmente todos dos estados da federação.

“O critério é justo, igual para todos, unânime, não há vencidos e não há vencedores. Vamos iniciar a vacinação no mesmo momento em todos os estados do Brasil”, garantiu Airton Cascavel.

  • Foto: AscomWellington Dias em reunião com representante do MS, Airton Cascavel.Wellington Dias em reunião com representante do MS, Airton Cascavel.

Wellington Dias falou da integração entre o MS, estados, municípios e parceiros. E que haverá um percentual entre 6 e 8 milhões no número de doses disponíveis para cada estado, de acordo com a população do Brasil.

Para gestor, é importante que essas regras sejam claras e transparentes e enfatizou que, além desse primeiro momento, o Ministério da Saúde já está se organizando para as próximas remessas de vacinas que estarão disponíveis em fevereiro e meses seguintes.

Mais na Web