Viagora

GREC atende mais de 2 mil mulheres vítimas de violência em Teresina

De cordo com a secretaria, os atendimentos, que vão desde a assistência jurídica, social e psicológica, podem ser acessados pelas mulheres durante o seu acompanhamento.

Dados divulgados pelo serviço Centro de Referência Esperança Garcia (CREG), que é vinculado à Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM), informam que entre janeiro a novembro de 2021 foram realizados 2.274 atendimentos às mulheres em situação de violência doméstica, familiar e de gênero em Teresina.

Conforme a Creg, ao longo do ano, foram acompanhadas 350 mulheres, das quais 264 foram inseridas pela primeira vez no serviço. A coordenadora do Creg, Roberta Mara, destaca que durante o ano foram realizadas diversas atividades que publicizaram através do serviço, principalmente nas zonas rurais e mais afastadas do Centro.

  • Foto: Divulgação/Prefeitura de TeresinaMulheres atendidas pela CREGMulheres atendidas pela CREG

Roberta pontua que o crescimento dos números de atendimentos é um indicativo positivo, uma vez que demonstra mais mulheres rompendo o ciclo de violência.

“Constatamos um aumento considerável na procura do atendimento, pois as mulheres em situação de violência, se permitiram buscar ajuda, orientação, uma indicação, um atendimento profissional, muito antes de fazerem a denúncia. “O CREG faz parte da rede de atendimento, e por isso acreditamos que as mulheres teresinenses se sintam mais à vontade de nos procurarem”, explica.

De cordo com a secretaria, os atendimentos, que vão desde a assistência jurídica, social e psicológica, ofertam Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Pics) e cursos de capacitação profissional, podem ser acessados pelas mulheres durante o seu acompanhamento.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Prefeitura de Teresina

Facebook
Indicado para você
Veja também