Viagora

Agência de Tecnologia da Informação do Piauí faz balanço de 2021

Conforme a Agência de Tecnologia da Informação, oram realizadas a implantação de 310 pontos de acesso à internet em órgãos governamentais.

A Agência de Tecnologia da Informação do Piauí (ATI-PI) fez um balanço das ações realizadas pelo órgão no ano de 2021. A Agência do governo do estado busca através de sua missão proporcionar e executar soluções de tecnologia da informação e comunicação para melhoria da gestão do governo e dos serviços públicos ao cidadão, garantindo o controle e a integridade das informações estratégicas no estado.

Conforme a ATI, foram realizadas a implantação de 310 pontos de acesso à internet em órgãos governamentais, implantação de 25 pontos de acesso público com internet para comunidades e pontos turísticos, disponibilização do aplicativo SEI Piauí para celulares com sistema operacional Android e IOS, desenvolvimento do sistema de Avaliação de Segurança Orgânica em penitenciárias (ARSO), desenvolvimento do sistema de Cadastro da Pessoa com Deficiência do Piauí, do Projeto Piauí Inclusivo, dentre outras.

De acordo com o diretor-geral da ATI, Antônio Torres, nesse ano de 2021 foram interligadas 167 cidades com o Piauí Conectado, atendendo 100% dos servidores ativos.

“Estamos concluindo 2021, com 167 municípios interligados com Piauí Conectado, Sistema de Gestão de Pessoas atendendo 100% dos servidores ativos, bem como os aposentados e pensionistas, o SEI integrando todos os órgãos, novo sistema RENAVAM implantado, edifício Sede e datacenter secundário adaptados e investimento de mais 10 milhões em novos equipamentos. Agradecemos também aos órgãos de controle que nos ajudaram nesta caminhada, disse.

Em relação ao ano de 2022, o diretor-técnico, Luciano Aguiar, informou que pretende buscar novas melhorias para atender à população.

Para o ano de 2022, procuraremos a nossa melhor versão, buscando como meta a melhoria na prestação do serviço ao cidadão, através de uma melhor arquitetura de desenvolvimento e sustentabilidade de aplicações, serviços mais resilientes, criação de um portal único de serviços e também um ambiente para integração de todas as aplicações governamentais, no qual o cidadão tenha um único ambiente de acesso aos sistemas governamentais”, finalizou.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Governo do Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também