Viagora

Ellen Gera avalia avanços na educação estadual em 2021 no Piauí

De acordo com o governo, em 2021 foi iniciado o projeto de expansão e melhoria da Educação Básica do Piauí com um conjunto de obras estruturantes, por meio do PRO Piauí Educação.

Nessa sexta-feira (28), o governo do estado realizou um balanço sobre a atuação do órgão na educação estadual, nesse ano de 2021.

Conforme o governo, foram feitos reajustes salariais em 10% para os servidores, cerca de 227 profissionais do quadro pessoal da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) tiveram suas progressões autorizadas pelo governador Wellington Dias. Além disso, foram realizadas a mudança de classe (promoção por acesso) para 1.128 professores. Todos obtiveram melhora na titulação e, com isso, conquistaram o direito de acréscimo salarial.

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, comentou que as progressões são frutos do planejamento do Estado e do equilíbrio das contas públicas. “O governador Wellington Dias e o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, mesmo diante de todas as adversidades e barreiras impostas pela pandemia e até mesmo pelo Governo Federal, conseguiram manter as contas públicas em equilíbrio. Isso permitiu que os servidores recebessem seus salários sempre em dia, enquanto outros estados atrasavam pagamento”, disse.

  • Foto: Divulgação/SeducSecretário de Estado da Educação, Ellen GeraSecretário de Estado da Educação, Ellen Gera

Programas de Alfabetização:

Segundo o IBGE, o Piauí reduziu em cerca de 14% o índice de analfabetismo entre os idosos com 60 anos ou mais. Houve também uma redução entre os mais jovens, se considerarmos as pessoas a partir dos 15 anos de idade, a taxa de analfabetismo caiu para 16% no Estado.

Segundo o governo, para acelerar esse processo, foi implantado o Programa de Alfabetização de Jovens, Adultos e Idosos (PRO Aja) com o objetivo de reduzir o analfabetismo no Estado e com a meta de atender 200 mil jovens, adultos e idosos até 2023.

Modenização de escolas no Piauí:

De acordo com o governo, em 2021 foi iniciado o projeto de expansão e melhoria da Educação Básica do Piauí com um conjunto de obras estruturantes, por meio do PRO Piauí Educação.

O governo informa ainda que estão previstas 800 obras com investimento de R$ 800 milhões, com recursos provenientes dos precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef).

De acordo com o balanço, do total de obras, foram concluídas 72 em 2021, na sua maioria reformas e instalação de subestações, totalizando R$ 15,7 milhões já investidos. Também foram entregues equipamentos, mobiliários, laboratórios para as áreas específicas e atendimento do ensino remoto, com distribuição de chips, smartphones e tablets para alunos e professores da rede estadual de ensino.

Facebook
Indicado para você
Veja também