Viagora

Governo promove evento em alusão ao dia da Luta Indígena no Piauí

Segundo a Coordenadoria da Mulher, o evento que conta com palestra e conferência será realizado no dia 19 de abril, a partir das 9h, no auditório do Museu do Piauí em Teresina.

O Governo do Piauí, através da Coordenadoria da Mulher, promoverá o evento “Protagonismos Femininos da cultura e resistência indígena" no dia 19 de abril, a partir das 9h, no auditório do Museu do Piauí na cidade de Teresina, em celebração ao Dia da Luta indígena. Na data será realizada uma palestra e conferência para dar visibilidade as pautas da culturais indígenas.

Conforme o Governo do Piauí, a ação também tem o objetivo de debater sobre as principais políticas públicas para os indígenas e criar estratégias para dar enfoque a identidade cultural da população. A programação é gratuita e as pessoas interessadas em participar do evento precisam levar o cartão de vacinação contra a covid-19.

Ainda segundo o Governo, a discussão será mediada pela Coordenadora Diversidade da CEPM, Erica Ruth, que contará com o auxílio da Gerente de Promoção dos Direitos e da Autonomia das mulheres da CEPM, Joelfa Farias para coordenar a abertura das mesas junto com outras autoridades.

Além disso, segundo a Coordenadoria, a Cacique dos povos Kariri da Serra Grande de Queimada Nova do Piauí, Maria Francisca, foi convidada para participar do debate sobre a temática, junto a professora da UESPI, membra do GT Índios na História e doutoranda em História- UFRRJ, Tatiana Oliveira e a Prof. Doutora da UFPI e Coordenadora do Laboratório do Projeto Nova Cartografia Social Amazônica, Carmen Lúcia.

 De acordo com a Coordenadoria, no evento os palestrantes e as conferencias deverão debater sobre “A mulher indígena: cultura, experiência e tradições”, “História Indígenas e o desafio de superar a invisibilidade histórica”, “Dia das mulheres indígenas: as experiências de lutas e conquistas” e o Protagonismo Feminino no movimento indígena piauiense”.

Segundo a coordenadora de Diversidade, Erica Ruth, é importante que as mulheres indígenas sejam visibilizadas e que seu papel na luta para a construção de políticas públicas e culturais no país serão seja destacado.

“Por isso, este 19 de abril é, acima de tudo, um dia de luta, no qual queremos nos somar às inúmeras mulheres e meninas indígenas, na defesa dos seus direitos às suas terras, à vida com segurança e dignidade”, defende Erica Ruth.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Governo do Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também