Viagora

Nova maternidade de Teresina está em fase final de conclusão

Segundo o governo do Piauí, o novo equipamento tem um total de R$ 136 milhões de investimento, sendo R$ 86 milhões garantidos pelo governo e R$ 50 milhões oriundos da União

Com 95% das obras concluídas, a previsão de entrega da nova maternidade de Teresina, é para o segundo semestre de 2022. A nova maternidade irá contar com cerca de 300 leitos, e irá ajudar a diminuir a demanda da maternidade Dona Evangelina Rosa.

Segundo o governo do Piauí, o novo equipamento tem um total de R$ 136 milhões de investimento, sendo R$ 86 milhões garantidos pelo governo e R$ 50 milhões oriundos da União, verbas advindas da bancada federal de parlamentares. A maternidade irá suprir a demanda da maternidade Evangelina Rosa, e terá capacidade técnica para atender casos de alta complexidade.

Foto: Luis Marcos/ ViagoraMaternidade referencia do Piauí
Obra da nova maternidade do Piauí

Neris Junior, secretário de Saúde, afirma que as obras estão seguindo o cronograma de abertura para serviços iniciais ainda no fim do ano de 2022, e que já foi estabelecido contrato de gestão além da formação de comissão que fará a transição da maternidade Evangelina Rosa e a nova maternidade da capital.

“Nós estamos seguindo o cronograma, já foi assinado o contrato com a fundação Reabilitar que vai fazer a gestão dos leitos e agora compomos uma comissão que vai fazer a transição entre a gestão da nova maternidade e a maternidade Evangelina Rosa, com entes das mais diversas classes representando os servidores, o Conselho Estadual de Saúde, a própria Evangelina Rosa, e a SESAPI de maneira que a gente possa cumprir o cronograma. A ideia é que abrir até o fim do ano com serviços iniciais e logo com todos os serviços prestados para a população”, afirma.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Governo do Piauí

Facebook
Indicado para você
Veja também