Viagora

Nupevid realiza 2º módulo da sexta edição do Reeducar no Piauí

De acordo com informações da Promotora de Justiça Amparo Paz, cerca de 71 reeducandos já passaram pelo programa

Nesta terça-feira (28), o Núcleo das Promotorias de Justiça de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (Nupevid) criado pelo Ministério Público do Piauí (MPPI), realizou o segundo módulo da sexta edição do Programa Reeducar, que tem como o objetivo principal reunir homens que respondem processos judiciais de violência doméstica.

De acordo com informações da Promotora de Justiça que coordena a iniciativa, Amparo Paz, cerca de 71 reeducandos já passaram pelo programa, que aborda temas como a Lei Maria da Penha e afetividade conjugal. Também são promovidas discussões sobre a masculinidade, saúde do homem e o enfrentamento da violência contra a mulher.

Foto: Divulgação/ Ministério Público do PiauíSegundo módulo do Programa Reeducar
Segundo módulo do Programa Reeducar

De acordo com o núcleo, no segundo módulo do programa a mediadora foi a psicóloga Liandra Nogueira, que é analista do MPPI. A profissional abordou o tema “Aspectos cognitivos dos relacionamentos interpessoais”, e destacou pontos essências para uma relação amigável do indivíduo consigo e com a sociedade.

A psicóloga também apresentou uma dinâmica onde os participantes recebiam imagens de personalidades e animais, e com isso analisassem quais se identificavam e também relacionavam aos outros presentes. “É importante que os integrantes do projeto entendam que, no relacionamento, há o ‘eu’ e o outro. Eles participam desse relacionamento, dando suas contribuições. É essencial que eles se conheçam, para então terem um relacionamento saudável”, destacou Liandra.

Ainda de acordo com a Nupevid, discussões sobre quais competências e habilidades os integrantes consideravam importantes em um relacionamento foram realizadas, além de outras dinâmicas relacionadas.

Por Sthefany Prado

Facebook
Indicado para você
Veja também