Viagora

Nova empresa é licitada e obras da Ponte da UFPI serão retomadas

Segundo a prefeitura, o valor atual da obra é de R41.431.514,19 e a empresa vencedora foi atendida no critério de menor preço.

A Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas – SAAD Norte, divulgou nesta quinta (07), a retomada das obras da Ponte João Claudino Fernandes, a Ponte da UFPI, em Teresina.

Foi assinado o Termo de Homologação no dia 4 de julho deste ano, para que o Consórcio Construtor Teresina assuma os trabalhos e conclua os serviços, informou a superintendência.

Foto: Divulgação/ Prefeitura de TeresinaPonte João Claudino Fernandes
Ponte João Claudino Fernandes

O superintendente Daniel Carvalho, afirma que o andamento da obra é de extrema importância para a população, trazendo redução no tráfego de veículos em importantes vias das zonas Leste e Norte da capital.

“Temos acompanhado essa obra desde que chegamos à SAAD Norte. A empresa anterior desistiu e aí necessitamos retomar todo o processo burocrático, com nova licitação e atualização de planilha de valores. Agora temos uma empresa vencedora do certame e iremos dar a ordem de serviço o mais breve possível para que seja retomada”, afirmou.

Conforme a Superintendência, a obra está com 17% dos serviços executados. A empresa responsável solicitou o destrato, alegando não ter capacidade para finalizar os serviços. O valor atual da obra é de R41.431.514,19 reais, a empresa vencedora foi atendida no critério de menor preço.

Daniel Carvalho destaca que a obra vai melhor a qualidade de vida das pessoas da região. “O prefeito Dr. Pessoa tem pedido para possamos acelerar o mais possível essa obra. Por determinação dele, não temos medido esforços para que tudo ocorra com agilidade. É uma obra que marcará essa gestão e irá melhorar muito a qualidade de vida das famílias que residem na região”, destacou Daniel Carvalho.

De acordo com a SAAD Norte, enquanto a obra não avança na parte física, procede negociações para desapropriar das famílias que moram entorno da obra, no total 40 famílias estão sendo desapropriadas.

Mais conteúdo sobre:

Teresina

Piauí

Obras

Facebook
Indicado para você
Veja também