Viagora

Medidas de combate ao mosquito da dengue são reforçadas no Piauí

O Programa Busca Ativa que antes visitava os municípios buscando os casos de COVID agora está servindo de orientação técnica nessa participação dos municípios

Neris Junior, o Secretário Estadual da Saúde, esteve em visita técnica nos municípios da planície litorânea do Piauí para acompanhar o trabalho que está sendo realizado para ajudar os municípios na aplicação da dose de reforço da Covid-19 e seu preenchimento dos dados no sistema oficial do Ministério da Saúde e o combate ao mosquito da dengue.

Segundo Neris, a visita foi feita para realizar uma avaliação dos números da vacinação na planície litorânea onde foi observado que três municípios ainda não atingiram a faixa de 60% de doses aplicadas, sendo eles, Murici dos Portelas, Bom Princípio do Piauí e Parnaíba. E isso tem uma ligação direta com as medidas de flexibilização uma vez que ainda estamos sobre vigência do decreto estadual.

Foto: DivulgaçãoSecretário Neris Junior
Secretário Neris Junior

“Três municípios da planície ainda não atingiram a meta de vacinação. Para resolver o problema, a Secretaria de Estado da Saúde irá dar apoio diretamente a esses municípios, inclusive, com o auxílio no preenchimento das fichas onde percebe-se que está tendo por parte dos municípios uma necessidade de apoio para a inclusão dos dados no sistema oficial do Ministério da Saúde. Esta é uma das medidas do Governo do Estado para que possa estar presente auxiliando esses municípios que não atingiram os 60%, buscando a imunização completa de toda a população”, destaca Neris.

O secretário também explica que o Programa Busca Ativa que antes visitava os municípios buscando os casos de COVID agora está servindo de orientação técnica nessa participação dos municípios para que eles possam ter uma estratégia cada vez mais definida e que possa estar inserido no sistema que faz essa quantificação.

Segundo o Governo do Estado, outro ponto de visita foi verificar os dados e auxiliar aos municípios no combater ao mosquito Aedes Aegypti. No momento, dados da Sesapi apontam que quatro municípios estão em condição satisfatória, sendo eles, Caraúbas do Piauí, Cocal dos Alves, Murici dos Portelas e Parnaíba. Cinco municípios estão em situação de alerta, sendo eles, Bom Princípio do Piauí, Buriti dos Lopes, Cocal, Ilha Grande e Luis Correia. Apenas um município se encontra em situação de risco, que é Cajueiro da Praia.

Para auxiliar os municípios no combate ao mosquito, o secretário Neris Junior explica que a Sesapi segue realizando o trabalho de orientação quanto às medidas de eliminação dos criadouros do mosquito, além de ofertar o carro fumacê. “Nossos técnicos, com a ajuda dos municípios, estão observando o nível de infestação por bairro, infestação predial do mosquito por bairro e a gente segue fazendo o trabalho de borrifação, com o carro fumacê, esse é um trabalho que é realizado em 4 ciclos, onde nesses 4 ciclos nós temos uma interrupção de apenas 3 dias, seguindo uma medida científica”, ressalta.

Neris ainda destaca que 90% dos casos nos domicílios onde são encontradas as larvas do mosquito já foram tratados. E reforça o pedido de auxílio da população em relação ao combate. “Pedimos o apoio da população com medidas simples, como, virando as garrafas de cabeça para baixo, tampando as caixas d’água. Todos temos que nos unir, ois a principal estratégia é a ajuda da população que é o principal ator no combate ao mosquito da dengue e da chicungunya”, finaliza.

Por: Matheus Santos

Facebook
Indicado para você
Veja também