Viagora

Semcaspi registra aumento de 6,2% de Passes Livres em Teresina

Segundo a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), de janeiro a junho deste ano, foram emitidos 2.535 cartões do Passe Livre.

O Passe Livre Municipal registrou aumento de 6,2% em emissões, de acordo com a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). Os atendimentos para emissão do Passe Livre Municipal têm início dos CRAS, onde é analisada a documentação e agendado para o Núcleo de Cidadania, localizado na sede da Semcaspi.

Conforme a Semcaspi, os dados do Núcleo da Cidadania apontam que de janeiro a junho deste ano, foram emitidos 2.535 cartões do Passe Livre, sendo 1.862 para pessoas idosas e 673 para pessoas com deficiência (PCDs). Em relação ao mesmo período do ano passado, foram emitidos 2.386 cartões do Passe Livre, 1.701 para pessoas idosas e 685 para pessoas com deficiência.

Foto: Divulgação/Governo do Estado do PiauíPasse Livre Municipal.
Passe Livre Municipal.

Segundo o secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, o aumento é fruto da reabertura de atividades comerciais pós pandemia. “A gente acredita que este aumento é fruto da reabertura de atividades dos mais variados tipos de trabalho durante a pandemia. Com a flexibilização das atividades, as pessoas, inclusive, os idosos e as pessoas com deficiências, podem sair de suas residências para resolver suas demandas, médicas, documental e até mesmo de lazer”, comenta.

A Semcaspi além de atuar com a expedição de cartões do Passe Livre para pessoas idosas e para pessoas com deficiência, presta serviços de expedições, como: Carteira Interestadual Idoso; 2° via de Certidão de Nascimento; Carteira de Trabalho Digital; e ainda de revalidação do Passe Livre Idoso e PCD’s.

Para realizar a emissão

Necessário ser idosos, a partir de 65 anos, e pessoas com deficiência, residentes em Teresina. Se direcionar ao CRAS mais próximo da residência e levar a documentação exigida: RG; CPF; e Comprovante de residência. No caso de pessoas com deficiência, o/a solicitante deve possuir renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio por pessoa e ainda apresentar laudo médico emitido pela rede SUAS, expedido pelo Lineu Araújo, CEIR, SEID, Apae ou pelo Areolino de Abreu.

Mais conteúdo sobre:

Passe Livre Municipal

Teresina

Facebook
Indicado para você
Veja também