Piauí

Motim na Penitenciária Vereda Grande deixa estragos. Veja vídeo!

O quebra-quebra durou pelo menos 3 horas, até intervenção dos agentes penitenciários. O secretário quer que o comando de greve pague os reparos que devem ser feitos.
RAYANE TRAJANO
22/09/2017 11h22 - atualizado

Resultado de motim na penitenciária Vereda Grande

O motim realizado pelo detentos ontem (21), deixou estragos na Penitenciária Regional de Floriano, conhecida como Vereda Grande. O quebra-quebra iniciou por volta das 10h, de acordo com os agentes penitenciários, e só foi controlado por volta das 13h.

O presidente da Associação Geral do Pessoal Penitenciário do Estado do Piauí (Agepen-PI), Marcos Paulo Viana, afirmou que houve danos em toda a estrutura externa e interna da unidade.

“Quebraram paredes, grades, os banheiros também foram danificados. Então, boa parte da estrutura foi danificada, está comprometida”, disse. 

Marcos Paulo confirmou que a determinação do desembargador Edvaldo Moura está sendo cumprida na unidade. “Por conta do movimento grevista, o serviço de agentes e policias não está acontecendo totalmente, está 60% como foi determinado”, explicou.

Sejus

O secretário Daniel Oliveira disse que vai pedir ao Poder Judiciário que penalize o comando de greve e faça-o pagar os prejuízos causados pelos motins nas unidades penais.

“Vamos comunicar, na Justiça, por meio da Procuradoria Geral do Estado, o fato de o tal 'comando de greve' não estar cumprindo com a determinação judicial de permitir que as visitas entrem com sacolas nos presídios e vamos cobrar para que arquem com o gasto que teremos que fazer na recuperação da unidade", afirmou o secretário.

Mais conteúdo sobre: