Polícia

Suspeito de matar advogado no Saci é preso e confessa crime

O suspeito preso também informou os nomes dos demais criminosos que participaram da ação.
RAYANE TRAJANO
15/09/2017 08h02

O autor dos disparos que matou o advogado Ozires de Castro Machado foi preso nessa quinta-feira (14), pela equipe da Delegacia de Homicídios de Teresina. Francinaldo dos Santos Batista, conhecido como Neném, confessou o crime.

Duas pessoas participaram do crime que aconteceu na noite de segunda-feira (11), no bairro Saci, zona Sul de Teresina. A equipe de investigação realizou a apreensão das roupas utilizadas por Francinaldo durante o crime e a identificação e apreensão do veículo Gol de cor vermelha, que foi utilizado para o apoio a ação criminosa.

  • Foto: Divulgação/ Polícia CivilFrancinaldo dos Santos BatistaFrancinaldo dos Santos Batista

Em depoimento Fancinaldo confessou que foi o autor dos disparos e disse que foi uma tentativa de roubo do aparelho celular que o advogado estava utilizando no interior do seu veículo.

O suspeito preso também informou os nomes dos demais criminosos que participaram da ação. O delegado Francisco Costa, o Barêtta, informou que as diligências continuam para prender o motorista do carro que deu fuga e o outro homem que participou diretamente da abordagem ao advogado.

A Delegacia de Homicídios informou que os acusados são suspeitos de vários roubos realizados na zona sul de Teresina, e que são autores do roubo praticado no dia anterior ao assassinato, no bairro Bela Vista, sendo alvo um estabelecimento comercial, fato esse registrado por circuito fechado de TV e divulgado na imprensa local.