Viagora

Diretor da Caixa Econômica Federal encontrado morto em Brasília era piauiense

De acordo com a Polícia Civil do DF, o corpo foi achado, por um vigilante e auxiliar de almoxarifado, na área externa do prédio da Caixa.

Na noite dessa terça-feira (19), às 22h, o diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa Econômica Federal (DECOI), Sérgio Ricardo Faustino Batista, foi encontrado morto na sede do banco, no Setor Bancário Sul (SBS), em Brasília.

De acordo com a Polícia Civil do DF, o corpo foi achado, por um vigilante e auxiliar de almoxarifado, na área externa do prédio. “por política de comunicação institucional, a PCDF somente informa os dados básicos quando da ocorrência desse tipo de fato. A 5ª Delegacia de Polícia investiga o caso", informou o G1.

Batista era natural de Teresina (PI) se graduou em Economia na Universidade Católica de Brasília em 1999 e era funcionário de carreira da Caixa, ingressando no banco, através de concurso público, em 1989. Assumiu o cargo de diretor do DECOI em março de 2022.

Segundo o G1, o servidor público havia trabalhado como assessor estratégico do ex-presidente da Caixa, Pedro Guimarães, que saiu do cargo após denúncias envolvendo assédio sexual.

CEF

A Caixa Econômica Federal emitiu nota de pesar manifestando “profundo pesar pelo falecimento do empregado Sérgio Ricardo Faustino Batista” e informou que colabora com as investigações. Confira nota na íntegra:

"Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares, aos quais estamos prestando total apoio e acolhimento. O banco contribui com as apurações para confirmar as causas do ocorrido".

Com informações do G1.

Facebook
Indicado para você
Veja também