Viagora

Justiça determina ordem de despejo de Whindersson Nunes de sala comercial

De acordo com o TJ-SP, a ação está sendo movida devido a quebra de acordo, por causa do não pagamento do aluguel da sala comercial pelo comediante.

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), através da Comarca Regional de Pinheiros, no dia 6 de julho, acatou o pedido de ordem de despejo, de uma sala comercial, contra o humorista piauiense Whindersson Nunes.

De acordo com o TJ-SP, a ação está sendo movida devido a quebra de acordo, por causa do não pagamento do aluguel da sala comercial pelo comediante, em São Paulo.

Foto: Divulgação/ InstagramHumorista Whindersson Nunes.
Humorista Whindersson Nunes.

Ainda de acordo com o tribunal, a ação movida pela locatária é de cerca de R$ 90 mil reais. O juiz responsável pelo julgamento do caso achou procedente o pedido de despejo, dando assim, 15 dias, a partir do dia 6 de julho, para desocupar o local de forma voluntária.

Conforme o Tribunal de Justiça de São Paulo, caso não desocupar até o prazo dado pela justiça, o humorista estará sendo submetido a pena de despejo compulsório. Whindersson Nunes também deverá pagar a locatária, os alugueis atrasados, multas e encargos reclamados.

A assessoria de Whindersson Nunes foi procurada para esclarecimentos, mas não se pronunciou, informou reportagem do R7.

Com informações do R7.

Mais conteúdo sobre:

Entretenimento

Whindersson Nunes

Facebook
Indicado para você
Veja também