Viagora

UEFA repudia invasão russa a Ucrânia e convoca reunião extraordinária

A entidade deverá se posicionar sobre a final da Liga dos Campeões, que estava prevista para acontecer no próximo dia 08 de março no estádio do Zenit, em São Petersburgo, na Rússia.

Nesta quinta-feira (24), a União das Associações Europeias de Futebol (Uefa) se pronunciou sobre a invasão russa a Ucrânia e condenou o ataque, além disso o presidente da entidade, Aleksander Ceferin, convocou uma reunião extraordinária nesta próxima sexta-feira (25), ocorrerá uma partir das 6H para tratar sobre o desenrolar da Liga dos Campeões, campeonato que seria realizado em solo Russo.

A entidade deverá se posicionar sobre a final da Liga dos Campeões, que estava prevista para acontecer no próximo dia 08 de março no estádio do Zenit, em São Petersburgo, na Rússia.

De acordo com nota oficial divulgada através das redes sociais, a UEFA afirmou que está disponível para auxiliar o povo ucraniano e destacou que está lidando os fatos com seriedade e urgência.

"Como organismo dirigente do futebol europeu, a UEFA trabalha incansavelmente para desenvolver e promover o futebol de acordo com valores europeus comuns, como a paz e o respeito pelos direitos humanos, no espírito da Carta Olímpica. Continuamos resolutos na nossa solidariedade com a comunidade do futebol na Ucrânia e estamos prontos para estender a nossa mão ao povo ucraniano. Estamos lidando com esta situação com a máxima seriedade e urgência. As decisões serão tomadas pelo Comitê Executivo da Uefa e anunciadas amanhã", afirma em trecho da nota oficial.

Com informações de Agência Brasil

Mais conteúdo sobre:

Esporte

Facebook
Indicado para você
Veja também