Viagora

FGTS anuncia distribuição de 99% do lucro aos trabalhadores

Conforme o Conselho Curador do fundo, será destinado aos trabalhadores com contas vinculadas ao fundo R$ 13,2 bilhões dos R$ 13,3 bilhões do lucro, com ano-base 2021.

Nesta sexta-feira (22), Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) realizou uma reunião extraordinária do colegiado em foi decidido que 99% do lucro líquido do fundo será distribuído aos trabalhadores.

Conforme o Conselho Curador do fundo, será destinado aos trabalhadores com contas vinculadas ao fundo R$ 13,2 bilhões dos R$ 13,3 bilhões do lucro, com ano-base 2021.

No ano passado 96% do lucro do fundo foram distribuídos, de R$ 8,1 bilhões. Já em 2020, o repasse foi de R$ 7,5 bilhões, o número é equivalente a 66,2% do resultado positivo em 2019, de R$ 11,3 bilhões, segundo o conselho.

Dessa forma, a distribuição do lucro deve ocorrer até o dia 31 de agosto, conforme determina a legislação. O pagamento é realizado por meio do crédito nas contas do FGTS que possuíam saldo em 31 de dezembro de 2021.

Durante a reunião, o conselho curador ainda aprovou o repasse do dinheiro para as contas em um período antes daquele determinado por lei. A vigência para os pagamentos será a partir da publicação da decisão no Diário Oficial da União (DOU).

O Conselho Curador do FGTS também explicou que o índice a ser aplicado em relação ao saldo das contas em 31 de dezembro do ano passado será de 0,02748761. Este valor deve ser aplicado a 207,8 milhões de contas vinculadas.

Segundo a legislação, o saque do dinheiro deve ser realizado nas condições prevista em lei, como em caso de demissão sem justa causa, aposentadoria, compra da casa própria e doença grave.

Conforme o FGTS, o lucro líquido do fundo é proveniente de receitas de R$ 39,3 bilhões e despesas de R$ 26 bilhões.

Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), , o rendimento do fundo, somados o lucro distribuído e a remuneração normal das contas, resultará em 94,9% superior ao rendimento da poupança no período. O banco estima que o índice fique em 5,83% diante os 2,99% da poupança.

Com informações da Agência Brasil

Mais conteúdo sobre:

FGTS

Caixa Econômica Federal

Facebook
Indicado para você
Veja também