Viagora

Intenção de Consumo das Famílias cresce 1,2% em julho, aponta CNC

De acordo com a CNC, o número é superior ao confirmados no mesmo mês em 2020 e 2021, durante o pior período da pandemia da Covid-19.

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) cresceu 1,2% no mês de julho, com 80,7 pontos registrados pela Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviço e Turismo (CNC). O número é superior aos confirmados no mesmo mês em 2020 e 2021, durante o pior período da pandemia da Covid-19.

De acordo com Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviço e Turismo (CNC), os indicadores da pesquisa apresentaram aumento, mas foi notado também uma desaceleração no mês de junho.

Conforme o levantamento da CNC, o destaque no crescimento foi o indicador Renda Atual, que apresentou um aumento por mês de 2,4%, e anual de 23,5%. Já o indicador Nível de Consumo Atual, apresentou crescimento mensal de 2,1%, possuindo o segundo maior aumento.

Segundo o presidente da CNC, José Roberto Tadros, as possíveis motivações para o avanço são a renda de famílias que recebem até 10 salários mínimos. “Os crescimentos sucessivos do rendimento real das famílias, apoiados pelas medidas de auxílio à renda, levaram à melhoria dessa percepção”, explicou o gestor.

A economista da CNC, Catarina Carneiro, pontuou sobre o menor crescimento mental, que foi o de Índice Perspectiva de Consumo, pontuando crescimento de apenas 0,2% em relação ao mês anterior, junho. “Mesmo com o consumo atual avançando, o ambiente econômico com preços e juros mais altos motivou um cenário de moderação”, disse Catarina.

Com informações da Agência Brasil.

Facebook
Indicado para você
Veja também