Viagora

Terceiro suspeito da morte de advogado Raimundo Siqueira é preso

O suspeito seria um dos responsáveis pela execução do crime que motivou a morte do advogado Raimundo José Costa Siqueira, em abril deste ano, no município de Cajueiro da Praia/PI.

Nesta quarta-feira (03), a Força Tarefa de Segurança Pública no Piauí (FTSP/PHB/PI) prendeu um foragido da Justiça no município de Timon-MA. O suspeito seria um dos responsáveis pela execução do crime que motivou a morte do advogado Raimundo José Costa Siqueira, em abril deste ano, no município de Cajueiro da Praia/PI.

Conforme a Força Tarefa, a prisão realizada através da Delegacia de Polícia Civil de Luís Correia/PI, com apoio da Polícia Penal do Maranhão e da Divisão de Apoio à Investigação do Centro Integrado de Operações de Fronteira da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública (DAI/CIOF/SEOPI/MJPS).

Ainda segundo as equipes, o homem tinha dois mandados de prisão em seu desfavor. O crime mais antigo que suspeito praticou foi registrado em 2014, foi uma tentativa de homicídio que vitimou um policial rodoviário federal.

Já o mais recente foi um homicídio qualificado contra o advogado Raimundo José Costa Siqueira. O homem foi encontrado em estado avançado de decomposição na praia de Humberto de Campos- Maranhão. O mandado foi expedido a pedido da Força Tarefa.

Conforme as investigações, além de ser um dos responsáveis pelo crime, o homem também é suspeito pela ocultação do corpo da vítima.

Além disso, durante a ação policial, o homem também foi preso em flagrante por utilizar documento falso como método para fugir das abordagens policiais.

A ação policial integra um dos eixos de trabalho da Força Tarefa, com o objetivo de dar cumprimento de ordens de prisão expedidas aos investigados suspeitos de praticar crimes violentos.

De acordo com a FTSP-PHB, a corporação está adotando o modelo proposto pela Secretaria de Operações Integradas (SEOPI/MJSP), é composta pela Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Penal.

Diante da necessidade de realizar denúncias sobre atuação de facções criminosas, foragidos da Justiça, tráfico de drogas e outros crimes a Força Tarefa disponibiliza um link para que o registro seja feito de forma anônima, ao endereço eletrônico: bit.ly/denunciapcphb.

Mais conteúdo sobre:

Timon

Maranhão

Força Tarefa

Facebook
Indicado para você
Veja também